ABC do Comunismo
Nikolai Bukharine e E. Preobrazhensky

Dedicatória


Para a virtuosa personificação das grandezas e vigor do proletariado; para aquele que incorporou seu heroísmo, sua firme consciência de classe, seu ódio mortal ao capitalismo, e seu admirável esforço para a criação de uma nova sociedade – ao grande Partido Comunista – nós dedicamos este livro.

Nós o dedicamos ao Partido que comanda um exercito de um milhão de homens em armas, administra um vasto império, organiza o trabalho voluntário (os sábados comunistas) e prepara a renovação da humanidade.

Igualmente, o dedicamos, aos veteranos do Partido, forjados em batalhas e vitórias, e aos jovens quadros do Partido, destinados a dar continuidade ao nosso trabalho até ao fim.

Aos lutadores e mártires do Partido, para aqueles que pereceram em inúmeras frentes de batalhas, os que deram suas vidas nas prisões, os que tombaram sobre tortura, os que, ao executarem as tarefas do Partido, foram enforcados ou fuzilados por nossos inimigos, nós dedicamos este livro.

Prefácio

“O ABC do Comunismo”, em nossa opinião, deve ser um livro texto elementar do conhecimento comunista. A experiência diária dos agitadores e divulgadores nos convenceu da necessidade urgente de um livro como este. Há um aumento incessante de novos adeptos. É grande a escassez de professores, e nós não temos ainda quantidade suficiente de livros-textos para entidades como as Escolas do Partido. Obviamente, a velha literatura marxista, tal qual The Erfurt Programm (O Programa de Erfurt) é inapropriada para as nossas necessidades atuais. Respostas para os novos problemas são extremamente difíceis de achar. Todo o material que os estudantes necessitam encontra-se disperso em vários jornais, livros e panfletos.

Nós estamos determinados a preencher esta lacuna. Vemos nosso “ABC” como um curso elementar a ser ministrado nas escolas partidárias; mas nos esforçamos para escreve-lo de modo a que possa ser lido de forma solitária por qualquer operário ou camponês que deseje se inteirar do Programa do Partido.

Cada camarada que tiver acesso a este livro deve lê-lo até ao fim, pois só assim ele irá adquirir uma idéia dos objetivos e tarefas do comunismo. Este livro foi escrito na forma de rápidos comentários ao texto do programa do Partido, o qual se encontra reproduzido no final deste volume. Para facilidade de nossos leitores, o texto foi dividido em parágrafos numerados. Para cada parágrafo do programa do Partido corresponde um parágrafo explicativo do livro, com numeração idêntica.

O texto principal foi impresso com tipo em tamanho normal, enquanto que o tipo reduzido foi utilizado para explicações detalhadas, exemplos, séries numéricas, etc. Os parágrafos em tipo reduzido foram destinados, principalmente, para os camaradas que estão estudando o assunto sem nenhum orientador, e para quem não teve tempo ou oportunidade de acesso a informação correlacionada com o assunto.

Para aqueles que desejarem continuar seus estudos, uma breve bibliografia foi incluída a cada capítulo.

Os autores estão cônscios de que este livro apresenta diversas falhas; ele foi escrito fragmentariamente em insuficiente intervalo de lazer. Os comunistas colocaram seus escritores em condições de trabalho que, dificilmente, poderiam ser consideradas normais. O presente trabalho propicia um exemplo interessante disto; o manuscrito (para não falar de ambos os autores) escapou por pouco de ser destruído pela explosão da “Sala do Comitê de Moscou”... Apesar disto, com todos os seus defeitos, decidimos publicá-lo. Solicitamos, encarecidamente, que os camaradas nos comuniquem qualquer informação relevante que os mesmos descubram.

A parte teórica, compreendida pela Primeira Parte, o inicio da Segunda Parte, juntamente com os capítulos: “O Poder Soviético”, “A Organização da Indústria”, “Proteção ao Trabalho e Bem-Estar Social” e “Higiene Pública”, foram escritos por Bukharin; o restante do trabalho foi escrito por Preobrazhensky. Entretanto, obviamente, ambos os autores se responsabilizam por todo trabalho.

O título do nosso livro, “ABC”, e uma imagem da tarefa que impusemos a nós mesmos. Esperamos que este trabalho se mostre útil aos iniciantes e aos divulgadores, assim ocorrendo, teremos certeza que nosso trabalho não foi em vão.

Outubro, 1919

Compartilhe este texto:
Início da página
 
Visite o MIA no Facebook
 

Inclusão 06/06/2005