logotipo
  Oportunismo

Política de conciliação de classes, de cooperação do proletariado com a burguesia. Por sua natureza social o Oportunismo é uma manifestação da ideologia e da política pequeno-burguesas. O Oportunismo de direita é um conjunto de opiniões teóricas e orientações táticas que se baseiam na submissão ao movimento operário espontâneo, na idéia "reformista" da transição gradual do capitalismo em socialismo e na renúncia à revolução socialista e à conquista do poder pela classe operária. Reflete os estados de ânimos da cúpula aburguesada da classe trabalhadora, a aristocracia operária, e os setores médios da sociedade capitalista e é típico dos partidos socialistas de direita.
No movimento comunista, o Oportunismo de direita se manifesta em alguns períodos como "revisionismo de direita".
O "Oporunismo de Esquerda" é uma mescla de proposições ultra-revolucionárias e aventureiras que se apoiam nas idéias voluntaristas sobre a onipotência da "violência revolucionária". Reflete as vacilações no ânimo social dos pequenos proprietários que se arruinam e dos elementos incapazes de sustentar uma luta de classes firme e organizada. Não leva em conta as etapas de desenvolvimento social e empurra o movimento operário no caminho de aventuras políticas e sacrifícios sem sentido.
O Opotunismo de esquerda e de direita, apesar de toda a sua diferença e aparente contradição, estão unidos pela hostilidade ao marxismo-leninismo.


  Fonte: Breve Diccionário Político - Editorial Progreso - Moscu