MIA - Secção em Português
Vasco Gonçalves
foto
1921-2005

Militar e político português (1921-2005). Inicia a carreira militar em 1946 e no ano seguinte entra para a Escola Prática de Engenharia. Fez comissão na Índia (1955-1957). Em 1959 (11-12 de Março) fica ligado à chamada “Conspiração da Sé”, projecto de golpe militar contra o governo de Salazar, organizado pelo “Movimento Militar Independente” (próximo do general Humberto Delgado) e que contaria com um sector importante de oposicionistas civis.

A 18 de Julho de 1974, Vasco Gonçalves é empossado pelo presidente da Junta de Salvação Nacional (JSN), general Spínola, no cargo de primeiro-ministro do II Governo Provisório, constituído por representantes do Partido Socialista (PS), Partido Popular Democrático (PPD), Partido Comunista Português (PCP) e independentes.

A 1 de Outubro toma posse o III Governo Provisório dirigido pelo general Vasco Gonçalves. Em Janeiro de 1975, o governo começa a nacionalização da banca e de companhias de seguros. Nos finais desse mês a JSN começa a dispor de mecanismos legislativos para eliminar instituições fascistas (entre elas a PIDE/DGS e a Legião Portuguesa), fazer saneamentos e lutar contra manobras sabotadoras da economia. A viragem à esquerda, da revolução é nítida.

A 26 de Março toma posse o IV Governo Provisório, liderado por Vasco Gonçalves, integrando o PS, PPD, PCP, MDP (Movimento Democrático Português), ex-MES (Movimento de Esquerda Socialista), independentes e militares, com uma composição mais à esquerda do que os anteriores governos. A 7 de Abril, a Assembleia do MFA confirma a “via socialista da revolução portuguesa”. A 25 é eleita uma Assembleia Constituinte, através de eleições livres por sufrágio universal e secreto, para que as forças partidárias aí representadas desenhassem uma constituição democrática, a primeira em quase 50 anos. A maioria dos lugares é conseguida pelo PS e PPD, partidos de matriz social-democrata. A forte influência do PCP, por seu lado não se traduz senão em cerca de 12,46% dos votos recolhidos.

A 8 de Agosto, Vasco Gonçalves integra o V governo provisório, com uma participação do PCP, MDP e de independentes, portanto sem representação partidária à direita dos comunistas.

A 5 de Setembro, o CR é remodelado a favor do grupo “dos Nove”, afastando os elementos “pró-PCP”. A 13, é elaborado o programa do VI governo provisório, que excluía Vasco Gonçalves e que passava a incluir o PS e o PPD, embora a participação do PCP se mantivesse.

Vasco Gonçalves foi passado à reserva compulsivamente, em 1976. A partir daí levou uma vida recatada, distinguindo-se sempre por uma grande lisura. Faleceu em 2005, aos 84 anos, dois dias antes da morte de Álvaro Cunhal.

Leia biografia detalhada no Dicionário Político

Atualmente estão disponíveis em Português as seguintes obras:

1974 - Jul Discurso na Tomada de Posse do II Governo Provisório
1974 - Jul Declarações aos Órgãos de Informação Sobre a Comunicação ao País do Presidente da República Acerca do Direito à Independência dos Povos das Colónias
1974 - Jul Entrevista à Revista Brasileira «Manchete»
1974 - Ago Discurso na Festa dos Emigrantes
1974 - Ago Comunicação ao País na R.T.P.
1974 - Set Respostas ao Presidente da Associação de Jornalistas da Roménia
1974 - Set Entrevista ao Jornal Húngaro "Nedszabadsag"
1974 - Set Resposta à TV Romena
1974 - Set Alocução ao Pais na Noite de 29 de Setembro de 1974
1974 - Set Extractos da Entrevista Concedida à BBC
1974 - Set Discurso no Acto de Posse como Primeiro-Ministro do III Governo Provisório
1974 - Set Conferência de Imprensa Após Ter Sido Reempossado nas Funções de Primeiro-Ministro
1974 - Out Entrevista à Revista Brasileira «Veja»
1974 - Out Resposta à Agência «Tass»
1974 - Out Entrevista à Agência «Prensa Latina»
1974 - Out Entrevista à Revista Espanhola Triunfo
1974 - Out Resposta ao Jornal Jugoslavo «Politiko»
1974 - Nov Discurso no Acto de posse do Professor Fernando Dias Agudo, Presidente da Junta de Investigação Científica e Tecnológica
1974 - Nov Entrevista ao «Jornal do Brasil»
1974 - Nov Entrevista Concedida à R.T.P.
1974 - Nov Discurso na Abertura Solene das Aulas, na Academia Militar
1974 - Nov Extractos do Discurso na Estação Agronómica de Oeiras
1975 - Fev Discurso na Sessão de Dinamização Cultural do M.F.A. no Sabugo
1975 - Mar Entrevista para o “Jornal de Noticias”
1975 - Mar Discurso na Tomada de Posse do IV Governo Provisório
1975 - Mar Entrevista à Revista Espanhola «Cambio 16»
1975- Abr Entrevista Concedida ao Jornal Libanês «Al-Massa»
1975- Abr Texto Introdutório da Conferência de Imprensa na Gulbenkian
1975- Abr Conferência de Imprensa na Gulbenkian
1975- Abr Entrevista ao Jornal «Diário de Notícias»
1975- Abr Declarações aos Órgãos de Informação no Acto de Votar
1975- Abr Entrevista Concedida a «O Século»
1975 - Mai Entrevista ao Jornal Grego Rizos-Pastis, Órgão Central do PC Grego
1975 - Mai Entrevista ao Jornal Belga “Le Soir”
1975 - Mai Discurso no Estádio 1.° de Maio, no dia Comemorativo do Trabalho
1975 - Mai Discurso no Teatro S. Luis, na Sessão Comemorativa da Derrota do Nazismo na Europa
1975 - Mai Discurso no I Congresso de Escritores Portugueses
1975 - Mai Respostas ao Jornal «El Sol de México»
1975 - Mai Discurso na Sorefame
1975 - Mai Extractos do Discurso na Cimeira da NATO, em Bruxelas
1975 - Mai Conferência de Imprensa de Bruxelas
1975 - Mai Discurso no Encontro com os Emigrantes no Salão de Festas da Comuna de Ixelles — Bruxelas
1975 - Jun Extractos do Discurso à Chegada de Bruxelas, Perante a Manifestação Unitária, no Aeroporto de Lisboa
1975 - Jun Discurso Perante a Comissão de Descolonização das Nações Unidas, Reunida em Lisboa
1975 - Jun Respostas ao “Jornal de Lafões”
1975 - Jun Declarações aos Órgãos de Informação após a Cerimónia da Investidura do Presidente da República Popular de Moçambique
1975 - Jun Discurso Proferido no Jantar de Estado, Comemorativo da Proclamação da Independência da República Popular de Moçambique
1975 - Jun Declarações ao «Jornal Novo» em Moçambique
1975 - Jun Palavras Proferidas à Chegada de Moçambique
1975 - Jul Discurso Proferido na Cerimónia da Independência de Cabo Verde
1975 - Jul Extractos das Declarações Proferidas à Chegada de Cabo Verde onde Chefiara a Delegação Portuguesa que Procedeu à Transferência de Poderes para os Representantes do Povo de Cabo Verde
1975 - Jul Discurso Proferido na Manifestação Promovida pela Intersindical
1975 - Jul Intervenção na Assembleia do MFA
1975 - Jul Discurso no Congresso dos Sindicatos
1975 - Jul Texto da «Análise da Situação Política» Apresentado na Assembleia do MFA, na 2.ª Semana de Julho de 1975
1975 - Ago Discurso na Tomada de Posse do V Governo Provisório
1975 - Ago Alocução ao País
1975 - Ago Palavras Pronunciadas no Pavilhão Gimno-Desportivo da Escola D. António da Costa, em Almada
1975 - Ago Extracto do Discurso Proferido na Posse dos Novos Secretários de Estado do V Governo em Resposta ao Discurso do Presidente da República
1975 - Ago Palavras Dirigidas à Comissão Nacional de Sargentos que lhe foi Fazer a Entrega de um Cheque de 1 016 contos, Produto de um Dia de Trabalho
1975 - Ago Discurso Durante a Manifestação Convocada pela F.U.R., Frente de Unidade Revolucionária
1975 - Ago Declarações ao Jornal Francês «Le Monde»
1975 - Out Discurso na Câmara do Porto nas Comemorações do 5 de Outubro
1975 - Out Extractos das Declarações à Revista Belga “Hebdo 75”
   
Seja um Voluntário! Se você deseja colaborar com a construção desta biblioteca, ou deseja iniciar uma nova biblioteca para um autor cujo trabalho contribui de alguma maneira para a compreensão do Marxismo, entre em contato conosco.
Abriu o arquivo 05/05/2014