Projecto de Radiograma ao Governo do Império Alemão[N252]

V. I. Lénine

19 de Fevereiro de 1918

Link Avante

Escrito: na noite de 18 para 19 de Fevereiro de 1918.

Primeira edição: O radiograma foi publicado a 19 (6) de Fevereiro de 1918 no n.º 30 do Pravda (edição vespertina).
Fonte: Obras Escolhidas em Três Tomos, 1977, tomo 2, pág: 478. Edições Avante! - Lisboa, Edições Progresso - Moscovo

Tradução: Edições "Avante!" com base nas Obras Completas de V. I. Lénine, 5.ª ed. em russo, t. 35, pp. 339.

Transcrição e HTML: Fernando A. S. Araújo

Direitos de Reprodução: © Direitos de tradução em língua portuguesa reservados por Editorial "Avante!" - Edições Progresso Lisboa - Moscovo, 1977.


capa

O Conselho de Comissários do Povo exprime o seu protesto pelo facto de o governo alemão ter movimentado tropas contra a República Soviética da Rússia, que tinha declarado terminado o estado de guerra e começado a desmobilização do exército em todas as frentes. O governo operário e camponês da Rússia não podia esperar semelhante passo, tanto mais que nenhuma das partes que assinaram o armistício declarou directa ou indirectamente, nem a 10 de Fevereiro nem em qualquer outra data, o fim do armistício, como ambas as partes se comprometeram a fazer pelo acordo de 2 (15) de Dezembro de 1917.

O Conselho de Comissários do Povo vê-se obrigado, perante a situação criada, a declarar que está disposto a assinar formalmente a paz nas condições exigidas em Brest-Litovsk pelo governo alemão.

Ao mesmo tempo, o Conselho de Comissários do Povo exprime a sua disposição, se o governo alemão formular as suas exactas condições de paz, de responder no prazo máximo de 12 horas se essas condições são ou não aceitáveis para nós.

Compartilhe este texto:
Início da página
 
Visite o MIA no Facebook
 

Notas de fim de Tomo:

[N252] O radiograma do Conselho de Comissários do Povo ao governo do império alemão foi transmitido para Berlim em 19 de Fevereiro de manhã, mas a resposta do governo alemão com as novas e ainda mais duras condições de paz foi entregue ao correio soviético apenas em 22 de Fevereiro e recebido em Petrogrado na manhã de 23 de Fevereiro. Nessa resposta o governo da Alemanha exigia que as novas condições de paz fossem examinadas no prazo de 48 horas. Durante todo o tempo que demoraram a resposta, os alemães continuaram a sua ofensiva, conseguiram avançar consideravelmente no território da Rússia Soviética, ocuparam uma série de cidades e ameaçavam a cidade de Petrogrado. (retornar ao texto)

Inclusão 15/01/2011