MIA - Secção em Português
Ludo Martens
foto
1946-2011

Um dos fundadores do Partido do Trabalho da Bélgica (1979), fundador da revista Amado (“Todo o poder para os operários”), de clara orientação antirrevisionista e de crítica ao Partido Comunista da Bélgica, reformista. Em 1999, deixou o cargo de presidente para se transferir ao Congo e prosseguir o seu trabalho de solidariedade na antiga colônia belga, um dos seus principais campos de batalha. Autor de importantes obras como o relato antirracista Tien gekleurde meisjes (Dez meninas de cor) e Pierre Muleleou a second vie de Patrice Lumumba, em que narra a vida do revolucionário congolês Pierre Mulele (Patrice Lumumba); e O Partido da Revolução, onde descreve os seus 30 anos de experiência como militante comunista, e La contre-révolution de velours (A contra-revolução de veludo), descreve os diferentes movimentos contrarrevolucionários que se deram nos países do Leste e as causas que levaram ao retorno do capitalismo nesses países. Mas, sem dúvida, o livro de Ludo Martens mais conhecido em todo o mundo foi o seu Stálin – Um novo olhar.

Fonte: Jornal A Verdade

Atualmente estão disponíveis em Português as seguintes obras:

1990 - Set Os Anos de Bréjnev: Stalinismo ou Revisionismo?
1991 - Set Tian An Men – 1989 – Da Deriva Revisionista ao Motim Contrarrevolucionário
1991 A URSS e a Contra-Revolução de Veludo
1992 - Abr Balanço do Colapso da União Soviética - Sobre as causas de uma traição e as tarefas futuras dos comunistas
   
Seja um Voluntário! Se você deseja colaborar com a construção desta biblioteca, ou deseja iniciar uma nova biblioteca para um autor cujo trabalho contribui de alguma maneira para a compreensão do Marxismo, entre em contato conosco.
Abriu o arquivo 28/10/2012
Última alteração 18/05/2014