O 18 de Brumário de Louis Bonaparte

Karl Marx


Índice de Nomes


capa

Agesilau (cerca de 442-cerca de 358 a. n. e.): rei de Esparta (cerca de 399-cerca de 358 a. n. e.).

Agis I (m. cerca de 399 a. n. e.): rei de Esparta (cerca de 426-cerca de 399 a. n. e.).

Ailly, Pierre d' (1350-m. 1420 ou 1425): cardeal francês; desempenhou um papel importante no Concílio de Constança.

Alexandro Magno (356-323 a. n. e.): chefe militar e estadista do mundo antigo.

Allais, Louis Pierre Constant (n. cerca de 1821): agente da polícia francesa.

Angles, François Ernest (1807-1861): latifundiário francês, deputado à Assembleia Legislativa (1850-1851), representante do partido da ordem.

Bailly, Jean Sylvain (1736-1793): personalidade da revolução burguesa francesa de fins do século XVIII, um dos dirigentes da burguesia constitucional liberal. (retornar ao texto)

Balzac, Honoré de (1799-1850): escritor francês.

Baraguay d'Hilliers, Achille (1795-1878): general francês; durante a Segunda República foi deputado às assembleias Constituinte e Legislativa, em 1851 comandou a guarnição de Paris; bonapartista.

Baroche, Pierre Jules (1802-1870): político e estadista francês, representante do partido da ordem, depois bonapartista; em 1849 foi procurador-geral do Tribunal de Apelação.

Barrot, Odilon (1791-1873): político burguês francês, chefe da oposição dinástica liberal até Fevereiro de 1848; entre Dezembro de 1848 e Outubro de 1849 chefiou o governo que se apoiava no partido da ordem.

Baze, Jean Didier (1800-1881): advogado e político francês, orleanista.

Bedeau, Marie Alphonse (1804-1863): general e político francês, republicano burguês moderado; durante a Segunda República foi vice-presidente das assembleias Constituinte e Legislativa.

Benoist d'Azy, Denis (1796-1880): político e financeiro francês; vice-presidente da Assembleia Legislativa (1849-1851), e legitimista.

Bernard: coronel francês, chefiou as comissões militares que castigaram os participantes na insurreição de Junho de 1848 em Paris; depois do golpe de Estado de 2 de Dezembro de 1851, um dos organizadores das perseguições judiciais contra os republicanos antibonapartistas.

Berryer, Pierre Antoine (1790-1868): advogado e político francês, legitimista.

Billaut, Auguste Adolphe Marie (1805-1863): político francês, orleanista, bonapartista a partir de 1849, membro da Assembleia Constituinte (1848-1849); ministro do Interior (1854-1858).

Blanc, Louis (1811-1882): socialista e historiador pequeno-burguês francês; em 1848 foi membro do Governo provisório e presidente da Comissão do Luxemburgo; a partir de Agosto de 1848 foi um dos dirigentes da emigração pequeno-burguesa em Londres. (retornar ao texto)

Blanqui, Louis Auguste (1805-1881): revolucionário francês, comunista utópico, durante a revolução de 1848 pertenceu à extrema-esquerda do movimento proletário e democrático em França; foi repetidas vezes condenado a penas de prisão.

Bonapartes: dinastia imperial em França (1804-1814, 1815, 1852-1870). (retornar ao texto)

Bourbons: dinastia real em França (1589-1792,1814-1815 e 1815-1830).

Broglie, Achille Charles (1785-1870): estadista francês, primeiro-ministro (1835-1836), deputado à Assembleia Legislativa (1849-1851), orleanista.

Bruto (Brutus, Marcus Junius) (cerca de 85 a. n. e.-42 a. n. e.): político romano, chefe da conspiração contra Júlio César.

Calígula (12-41): imperador romano (37-41).

Carlier, Pierre (1799-1858): prefeito da polícia de Paris (1849-1851), bonapartista.

Caussidière, Marc (1808-1861): democrata pequeno-burguês francês, participante na insurreição de Lião de 1834; de Fevereiro a Junho de 1848 foi prefeito da polícia de Paris, deputado à Assembleia Constituinte; em Junho de 1848 emigrou para a Inglaterra. (retornar ao texto)

Cavaignac, Louis Eugene (1802-1857): general e político francês, republicano moderado; a partir de Maio de 1848 foi ministro da Guerra, e esmagou com extrema crueldade a insurreição de Junho dos operários de Paris; chefe do poder executivo em Junho-Dezembro de 1848.

César (Caius Julius Caesar) (cerca de 100 a. n. e.): chefe militar e estadista romano.

Chambord, Henri Charles, conde de (1820-1883): último representante do ramo principal dos Bourbons, neto de Carlos X, pretendente ao trono francês sob o nome de Henrique V.

Changarnier, Nicolas Anne Théodule (1793-1877): general e político francês, monárquico; a partir de Junho de 1848 comandou a guarnição e a Guarda Nacional de Paris, participou na repressão contra a manifestação de 13 de Junho de 1849 em Paris.

Charras, Jean Baptiste Adolphe (1810-1865): político e militar francês, republicano burguês moderado; participou no esmagamento da insurreição de Junho de 1848 dos operários de Paris, actuou contra Luís Bonaparte; foi expulso de França.

Constant, Benjamin (1167-1830): escritor e político liberal francês. (retornar ao texto)

Cousin, Victor (1792-1867): filósofo francês, ecléctico. (retornar ao texto)

Crelon, Nicolas Joseph (1798-1864): advogado francês; durante a Segunda República foi deputado às assembleias Constituinte e Legislativa, orleanista.

Cromwell, Oliver (1599-1658): chefe da burguesia e da nobreza emburguesada durante a revolução burguesa inglesa do século XVII; desde 1653 Lorde Protector da Inglaterra, Escócia e Irlanda. (retornar ao texto)

Danton, Georges Jacques (1759-1794): uma das personalidades da revolução burguesa francesa de fins do século XVIII, chefe da ala direita dos jaco binos. (retornar ao texto)

De Flolle, Paul (1817-1860): oficial de marinha francês, partidário de Blanqui, participante activo nos acontecimentos de 15 de Maio e na insurreição de Junho de 1848 em Paris, deputado à Assembleia Legislativa (1850-1851).

Desmoulins, Camille (1760-1794): publicista francês, personalidade da revolução burguesa de fins do século XVIII, jacobino de direita. (retornar ao texto)

Duchâtel, Charles (1803-1867): estadista francês, orleanista, ministro do Interior (1839-1840, 1840-Fevereiro de 1848).

Dupin, André Marie Jean Jacques (1783-1865): jurista e político francês, orleanista, presidente da Assembleia Legislativa (1849-1851); mais tarde bonapartista.

Dupral, Pascal (1815-1885): jornalista francês, republicano burguês; durante a Segunda República foi deputado às assembleias Constituinte e Legislativa, agiu contra Luís Bonaparte.

Falloux, Alfred (1811-1886): político francês, legitimista e clerical, iniciador em 1848 da dissolução das oficinas nacionais e inspirador do esmagamento da insurreição de Junho em Paris, ministro da Educação (1848- 1849).

Faucher, Léon (1803-1854): político francês, orleanista, economista malthusiano, ministro do Interior (Dezembro de 1848-Maio de 1849, 1851), mais tarde bonapartista.

Fould, Achille (1800-1867): banqueiro francês, orleanista, mais tarde bonapartista; entre 1849 e 1867 foi várias vezes ministro das Finanças.

Girardin, Delphine de (1804-1855): escritora francesa, esposa de Emile de Girardin.

Girardin, Emile de (1806-1881): publicista e político francês, redactor do jornal La Presse; antes da revolução de 1848 encontrava-se na oposição ao governo de Guizot; durante a revolução foi republicano burguês; deputado à Assembleia Legislativa (1850-1851); mais tarde foi bonapartista.

Giraud, Charles Joseph Barthélemy (1802-1881): jurista francês, monárquico, ministro da Educação (1851).

Goethe, Johann Wolfgang (1749-1832): escritor alemão.

Gracos (irmãos) Tibério Semprónio (163 a. n. e.-133 a. n. e.) e Gaio Semprónio (153 a. n. e.-121 a. n. e.): tribunos populares da Roma Antiga, lutaram pela aplicação de leis agrárias no interesse do campesinato.

Granier de Cassagnae, Adolphe (1806-1880): jornalista francês, político sem princípios, orleanista até 1848, depois bonapartista; durante o Segundo Império foi deputado ao Corpo Legislativo.

Guise, duque de: ver Henrique II da Lorena.

Guizot, François Pierre Guillaume (1787-1874): historiador e estadista francês, entre 1840 e 1848 dirigiu de facto a política interna e externa da França. (retornar ao texto)

Hautpoul, Alphonse Henri (1789-1865): general francês, legitimista, depois bonapartista; ministro da Guerra (1849-1850.

Haynau, Julius Jacob (1786-1853): general austríaco, esmagou cruelmente o movimento revolucionário na Itália e na Hungria em 1848-1849.

Hegel, Georg Wilhelm Friedrich (1770-1831): representante da filosofia clássica alemã, idealista objectivo. (retornar ao texto)

Henrique II da Lorena, duque de Guise (1614-1664): um dos dirigentes da Fronda.

Henrique V: ver Chambord, Henri Charles.

Henrique VI (1421-1471): rei inglês (1422-1461).

Hugo, Victor (1802-1885): escritor francês, durante a Segunda República foi deputado às assembleias Constituinte e Legislativa.

Joinville, François Ferdinand Phillippe Louis Marie, duque de Orleães, princlpe (1818-1900): filho de Luis Filipe, depois da vitória da revolução de Fevereiro de 1848 emigrou para a Inglaterra.

La Hitte, Jean Ernest (1789-1878): general francês, bonapartista, deputado à Assembleia Legislativa (1850-1851), ministro dos Negócios Estrangeiros (1849- 1851)

La Rochejaquelein, Henri Auguste Georges, marquês de (1805-1867): político francês, um dos dirigentes do partido legitimista, durante a Segunda República foi deputado às assembleias Constituinte e Legislativa.

Lamartine, Alphonse (1790-1869): poeta, historiador e político francês; em 1848 foi ministro dos Negócios Estrangeiros e, de facto, chefe do Governo provisório.

Lamoriciere, Christophe Louis Léon (1806-1865): general francês, republicano burguês moderado, em 1848 participou activamente no esmagamento da insurreição de Junho; depois foi ministro da Guerra no governo de Cavaignac (Junho-Dezembro).

Le Flô, Adolphe Emmanuel Charles (1804-1887): general e político francês; representante do partido da ordem: durante a Segunda República foi deputado às assembleias Constituinte e Legislativa.

Ledru-Rollin, Alexandre Auguste (1807-1874): publicista francês, um dos chefes dos democratas pequeno-burgueses, redactor do jornal La Réforme; deputado às assembleias Constituinte e Legislativa, onde chefiou o partido da Montanha; depois emigrou.

Locke, John (1632-1704): filósofo dualista inglês, sensualista. (retornar ao texto)

Luís Bonaparte: ver Napoleão III.

Luís Napoleão: ver Napoleão III.

Luís Filipe (1773-1850): duque de Orleães, rei de França (1830 -1848). (retornar ao texto)

Luís Filipe Alberto, duque de Orleães, conde de Paris (1838-1894): neto de Luis Filipe, pretendente ao trono de França.

Luís XIV (1638-1715): rei de França (1643-1715).

Luís XV (1710-1774): rei de França (1715-1774).

Luís XVIII (1755-1824): rei de França (1814-1815 e 1815-1824). (retornar ao texto)

Lutero, Martinho (1483-1546): personalidade da Reforma, fundador do protestantismo (luteranismo) na Alemanha; ideólogo da pequena burguesia alemã. (retornar ao texto)

Magnan, Bernard Pierre (1791-1865): marechal francês, bonapartista; um dos organizadores do golpe de Estado de 2 de Dezembro de 1851.

Maleville, Léon (1803-1879): político francês, orleanista, durante a Segunda República foi deputado às assembleias Constituinte e Legislativa, ministro do Interior (segunda metade de Dezembro de 1848).

Marrast, Armand (1801-1852): publicista francês, um dos dirigentes dos republicanos burgueses moderados, redactor do jornal Le National; em 1848 foi membro do Governo provisório e presidente da Câmara de Paris, presidente da Assembleia Constituinte (1848-1849). (retornar ao texto)

Masaniello (Tomaso Aniello, chamado) (1620-1647): pescador, chefe de uma insurreição popular em Nápoles em 1647 contra o dominio espanhol.

Mauguin, François (1785-1854): jurista francês, antes de 1848 foi um dos chefes da oposição dinástica liberal; durante a Segunda República foi deputado às assembleias Constituinte e Legislativa.

Maupas, Charlemagne Emile (1818-1888): advogado francês, bonapartista, prefeito da polícia de Paris (1851), um dos organizadores do golpe de Estado de 2 de Dezembro de 1851, ministro da Polícia (1852-1853).

Molé, Louis Mathieu, conde (1781-1855): estadista francês, orleanista, primeiro-ministro (1836-1837 e 1837-1839); durante a Segunda República foi deputado às assembleias Constituinte e Legislativa.

Monk, Georg (1608-1670): general inglês; colaborou activamente na restauração da monarquia em Inglaterra em 1660.

Montalembert, Charles (1810-1870): publicista francês, durante a Segunda República foi deputado às assembleias Constituinte e Legislativa, orleanista, chefe do partido católico.

Morny, Charles Auguste Louis Joseph, conde de (1811-1865): político francês, bonapartista, deputado à Assembleia Legislativa (1849-1851), um dos organizadores do golpe de Estado de 2 de Dezembro de l851, ministro do Interior (Dezembro de 1851-Janeiro de 1852).

Napoleão I, Bonaparte (1769-1821): imperador francês (1804-1814 e 1815). (retornar ao texto)

Napoleão III (Luis Napoleão Bonaparte) (1808-1873): sobrinho de Napoleão I, presidente da Segunda República (1848-1851), imperador francês (1852-1870). (retornar ao texto)

Neumayer, Maximilien Georges Joseph (1789-1866): general francês, partidário do partido da ordem.

Ney, Edgar (1812-1882): oficial francês, bonapartista, ajudante-de-campo do presidente Luis Bonaparte.

Orleães, Helena, duquesa de (n. Meeklenburg) (1814-1858): viúva de Fernando, filho mais velho de Luis Filipe.

Orleães, duque de: ver Luis Filipe.

Orleães: dinastia real de França (1830-1848).

Oudinot, Nicolas Charles Victor (1791-1863): general francês, orleanista; em 1849 comandou as tropas enviadas contra a República de Roma; tentou organizar a resistência contra o golpe de Estado de 2 de Dezembro de 1851.

Paris, conde de: ver Luis Filipe Alberto.

Perrot, Benjamin Pierre (1791-1865): general francês, em 1848 participou no esmagamento da insurreição de Junho; em 1849 comandou a Guarda Nacional de Paris.

Persegny, Jean Jilbert Victor, conde de (1808-1872): estadista francês, bonapartista, deputado à Assembleia Legislativa (1849-1851), um dos organizadores do golpe de Estado de 2 de Dezembro de 1851, ministro do Interior (1852-1854 e 1860-1863).

Polignac, Auguste Jules Armand Marie, príncipe (1780-1847): estadista francês, legitimista e clerical, ministro dos Negócios Estrangeiros e chefe do conselho de ministros (1829-1830).

Proudhon, Pierre Joseph (1809-1865): publicista, economista e sociólogo francês, ideólogo da pequena burguesia, um dos fundadores do anarquismo; em 1848 foi deputado à Assembleia Constituinte.

Publícola (Publius Valeri Publicola) (m. 503 a. n. e.): estadista semilendário da República de Roma.

Raffles, Thomas Stamford (1781-1826): funcionário colonial inglês, em 1811-1816 foi governador de Java; autor do livro História de Java.

Rateau, Jean Pierre (1800-1887): advogado francês, durante a Segunda República foi deputado às assembleias Constituinte e Legislativa, bonapartista.

Regnault de Saint-Jean d'Angély, Auguste Michel Etienne, conde de (1794-1870): general francês, bonapartista, ministro da Guerra (Janeiro de 1851).

Rémusat, Charles François Marie, conde (l797-1875): estadista e escritor francês, orleanista, ministro do Interior (1840), ministro dos Negócios Estrangeiros (1871-1873).

Robespierre, Maximilien (1758-1794): personalidade da revolução francesa de fins do século XVIII, chefe dos jacobinos, chefe do governo revolucionário (1793-1794). (retornar ao texto)

Rouher, Eugène (1814-1884): estadista francês, bonapartista, ministro da Justiça (1849-1852, com intervalos).

Royer-Collard, Pierre Paul (1763-1845): filósofo e político francês, monárquico. (retornar ao texto)

Saint-Arnaud, Armand Jacques Achille Leroy de (1801-1854): marechal francês, bonapartista; um dos organizadores do golpe de Estado de 2 de Dezembro de 1851, ministro da Guerra (1851-1854).

Saint-Beuve, Pierre Henri (1819-1855): fabricante e latifundiário francês, durante a Segunda República foi deputado às assembleias Constituinte e Legislativa, representante do partido da ordem.

Saint-Jean d'Angély: ver Regnault de Saint-Jean d'Angély.

Saint-Just, Louis Antoine (1767-1794): personalidade da revolução burguesa de fins do século XVIII, um dos chefes dos jacobinos. (retornar ao texto)

Saint-Priest, Emmanuel Louis Marie, visconde de (1789-1881): general e diplomata francês, legitimista, deputado à Assembleia Legislativa (1849-1851).

Sallandrouze, Charles Jean (1808-1867): industrial francês, deputado à Assembleia Constituinte (1848-1849); bonapartista.

Salvandy, Narcisse Achille, conde de (1795-1856): estadista e escritor francês, orleanista, ministro da Educação (1837-1839 e 1845-1848).

Say, Jean Baptiste (1767-1832): economista francês, representante da economia política vulgar. (retornar ao texto)

Schramm, Jean Paul Adam (1789-1884): general e político francês, bonapartista, ministro da Guerra (1850-1851).

Shakespeare, William (1564-1616): escritor inglês.

Sismondi, Jean Charles Léonard Simonde de (1773-1842): economista suíço, crítico pequeno-burguês do capitalismo.

Soulouque, Faustin (cerca de 1782-1867): presidente da República dos negros do Haiti, em 1849 proclamou-se imperador com o nome de Faustino I.

Sue, Eugime (1804-1857): escritor francês, deputado à Assembleia Legislativa (1850-1851).

Thiers, Adolphe (1797-1817): historiador e estadista francês, deputado a Assembleia Legislativa (1849-1851), orleanista; presidente da República (1871 - 1873), carrasco da Comuna de Paris.

Thorigny, Pierre François Elisabeth (1798-1869): jurista francês, em 1834 instruiu a causa dos participantes na insurreição de Abril de Lião; bonapartista, ministro do Interior (1851).

Tocqueville, Alexis (1805-1859): historiador e político francês, legitimista, durante a Segunda República foi deputado às assembleias Constituinte e Legislativa, ministro dos Negócios Estrangeiros (Junho-Outubro de 1849).

Vaisse, Claude Marius (1799-1864): estadista francês, bonapartista; ministro do Interior (Janeiro-Abril de 1851).

Vatimesnil, Antoine (1789-1860): político francês, legitimista, deputado à Assembleia Legislativa (1849-1851).

Véron, Louis Désiré (1798-1867): político e jornalista francês, bonapartista; proprietário do jornal Le Constitutionel.

Vidal, François (1814-1872): economista francês, socialista pequeno-burguês, em 1848 foi secretário da Comisssão do Luxemburgo, deputado à Assembleia Legislativa (1850-1851).

Vieyra: coronel francês, bonapartista, participante activo no golpe de Estado de 2 de Dezembro de 1851.

Villèle, Jean Baptiste Séraphin Joseph (1773-1854): estadista francês, legitimista, primeiro-ministro (1822-1828).

Weydemeyer, Joseph (1816-1866): personalidade do movimento operário americano e alemão, membro da Liga dos Comunistas, participou na revolução de 1848-1849 na Alemanha e na guerra civil dos Estados Unidos ao lado dos nortistas; iniciou a propaganda do marxismo nos Estados Unidos; amigo e colaborador de Marx e Engels.

Yon: comissário de polícia francês, chefe da guarda da Assembleia Legislativa em 1850.

Compartilhe este texto:
Início da página
 
Visite o MIA no Facebook
 

Índice de Personagens Literários e Mitológicos

Aquiles: segundo a mitologia grega, o mais valente dos heróis gregos que participaram no cerco de Tróia; um dos principais heróis da Íliada de Homero.

Baco: deus do vinho e da alegria entre os antigos romanos.

Circe: na mitologia grega, feiticeira da ilha de Ea; transformou os companheiros de Ulisses em porcos, e reteve o próprio Ulisses durante um ano na sua ilha; alegoricamente, bela sedutora.

Crevel: personagem do romance de Balzac La Cousine Bette, modelo de gabarola, invejoso e libertino.

Habacuc: profeta bíblico. (retornar ao texto)

Klaus Zettel: personagem da comédia de Shakespeare Sonho de Uma Noite de Verão.

Krapülinski: herói do poema de Heine Dois Cavaleiros, tipo de nobre polaco arruinado; o nome de Krapülinski procede da palavra francesa crapule: gula, bebedeira, e também vagabundo, miserável. Aqui, ao falar em Krapülinski, Marx refere-se a Luís Bonaparte.

Paulo: segundo a lenda bíblica, um dos apóstolos cristãos.

Samuel: segundo a lenda bíblica, profeta da antiga Judeia.

Schlemihl, Peter: personagem da obra de Chamisso História Maravilhosa de Peter Schlemihl, que trocou a sua sombra por uma bolsa mágica.

Schufterle e Spiegelberg: personagens do drama de Schiller Os Bandidos, tipos de salteadores e assassinos sem quaisquer princípios morais.

Tétis: segundo a mitologia grega, deusa do mar, mãe de Aquiles, que o avisou de que não fosse o primeiro a desembarcar na costa perto de Tróia (ao primeiro esperava-o a morte).

Compartilhe este texto:
Início da página
 
Visite o MIA no Facebook
 

Inclusão 17/11/2008
Última alteração 21/03/2013