A Reorganização do Controle Estatal
(Informe apresentado na reunião do Comitê Executivo Central de Toda a Rússia - Resenha jornalística)

J. V. Stálin

9 de Abril de 1919


Primeira Edição: "Izvéstia" ("As Notícias"), n.° 77, 10 de abril de 1919.
Fonte: J.V. Stálin – Obras – 4º vol., Editorial Vitória, 1954 – traduzida da edição italiana da Obras Completas de Stálin publicada pela Edizioni Rinascita, Roma, 1949.
Tradução: Editorial Vitória
Transcrição: Partido Comunista Revolucionário
HTML:
Fernando A. S. Araújo, setembro 2006.
Direitos de Reprodução: A cópia ou distribuição deste documento é livre e indefinidamente garantida nos termos da GNU Free Documentation License.

capa

O camarada Stálin ressalta que o Controle Estatal é o único organismo que até agora não sofreu a depuração e a transformação a que foram submetidas todas as outras instituições. Para se obter um verdadeiro controle, um controle efetivo, e não no papel, é preciso, segundo a opinião do informante, reorganizar o aparelho existente do Controle Estatal, completando-o com novas forças frescas. É necessário reunir os órgãos do controle operário existentes em um todo único e fazer afluírem para o Controle Estatal geral todas as forças que se ocupam do controle. A idéia que deve presidir à reorganização do Controle Estatal é, portanto, sua democratização e sua aproximação às massas dos operários e dos camponeses.

O projeto de decreto[N73] apresentado pelo informante é aceito por unanimidade.

Compartilhe este texto:
Início da página
 
Visite o MIA no Facebook
 

Notas de fim de tomo:

[N73] O projeto de decreto para a reorganização do Controle Estatal, elaborado por uma comissão composta de Stálin, Svérdlov e outros, foi discutido nas reuniões do Conselho dos Comissários do Povo de 8 de março e 3 de abril de 1919. O informante foi Stálin. Na elaboração e na redação definitiva do projeto Lênin também tomou parte diretamente. (retornar ao texto)

pcr
Inclusão 07/03/2008