logotipo
  Rajk, László

(1909-1949), comunista húngaro, formou-se em França, onde se familiariza com o marxismo-leninismo. Adere ao Partido Comunista da Hungria em 1931. Combate na Guerra Civil de Espanha (1937-39), como comissário do batalhão húngaro nas brigadas internacionais. Preso no seu país em 1941, só é libertado em 1944, tornando-se secretário do CC do PCH e um dos dirigentes da frente antifascista. Capturado pelos nazis húngaros, é levado para a Alemanha donde regressa após a vitória. Volta a integrar o CC e o Politburo, vice-secretário-geral do PCH (1946), é designado ministro dos Assuntos Internos e mais tarde dos Negócios Estrangeiros (1948). Em Maio de 1949 é preso e acusado de espionagem. Após confessar ser um agente do imperialismo, é condenado juntamente com 18 outros arguidos à pena capital.

foto
Rajk
  Fonte: Martens - A URSS e a Contra-Revolução de Veludo