MIA - Secção em Português
Ante Ciliga
foto
1898–1992

 

Ante Ciliga (pronuncia-se “Tsiliga”) foi um militante político e escritor croata. Nascido em 1898 numa família de camponeses, foi membro do Comitê Central e do Politburo da Liga de Comunistas da Iugoslávia (LCI), ao qual aderira em 1920, e também editor-chefe do jornal do partido, o Borba (Combate). Mudou-se para Viena em 1925 como representante da LCI, e em outubro de 1926 migrou para a Rússia. Em seus três primeiros anos de estadia, ensinou numa escola para comunistas iugoslavos emigrados, e em 1930 foi ser professor na Universidade Comunista de Leningrado. Preso ainda em 1930 por sua oposição a Stálin e sua proximidade com a Oposição de Esquerda, foi enviado para o isolador — nome dado às prisões políticas Stálinistas — de Verkhneuralsk, depois para o exílio siberiano em Ienisseisk em 1933, até sua definitiva expulsão da Rússia em 1935. Publicou em 1938 "No país da mentira desconcertante", um relato minucioso de sua vida nas prisões soviéticas, cuja primeira edição foi queimada pelos nazistas. Retornou à Croácia em 1941, onde foi preso pela polícia ustasha e enviado ao campo de concentração de Jasenovac, de onde foi libertado em 1943. Fugiu para Berlim, e receando a chegada do Exército Vermelho, escapou para Paris; por ter também nacionalidade italiana, passou os anos do pós-guerra entre Paris e Roma, sempre temendo a ação dos partidos comunistas contra ele. Sua última publicação sobre a revolução russa foi "Lênin e a revolução", de 1948; daí em diante, já tendo se afastado das organizações e da ideologia comunista, passou a ocupar-se da questão das nacionalidades sob a Iugoslávia, estabelecendo um paralelo entre a dominação russa na URSS e a dominação sérvia neste país.

Fonte: Passa Palavra

 

Atualmente estão disponíveis em Português as seguintes obras:

1938 - set A Revolta de Kronstadt
   
Seja um Voluntário! Se você deseja colaborar com a construção desta biblioteca, ou deseja iniciar uma nova biblioteca para um autor cujo trabalho contribui de alguma maneira para a compreensão do Marxismo, entre em contato conosco.

Abriu o arquivo: 05/12/2019