Povos de todo o mundo, uni-vos e derrotai os agressores americanos e todos os seus lacaios!

Mao Zedong

20 de Maio de 1970


Fonte: Peking Review, edição suplementar do número 21, 23 de maio de 1970.
Tradução e HTML: Lucas Cenir Friederich

Uma nova onda da luta contra o imperialismo americano está emergindo em todo o mundo. Desde a Segunda Guerra Mundial, o imperialismo americano e seus seguidores têm continuamente lançado guerras de agressão e os povos de vários países têm continuamente travado guerras revolucionárias para derrotar os agressores. O perigo de uma nova guerra mundial ainda existe e os povos de todos os países devem se preparar. Mas a revolução é a principal tendência no mundo de hoje.

Incapazes de vencer no Vietnã e no Laos, os agressores americanos traiçoeiramente arquitetaram um golpe de estado reacionário pelo bando de Lon Nol e Sirik Matak, despacharam descaradamente suas tropas para invadir o Camboja e retomaram o bombardeamento do Vietnã do Norte; isso despertou feroz resistência por parte dos três povos indochineses. Apoio firmemente o espírito combativo de Samdech Norodom Sihanouk, Chefe de Estado do Camboja, em oposição ao imperialismo americano e seus lacaios. Apoio firmemente a Declaração Conjunta da Conferência de Cúpula dos Povos Indochineses. Apoio firmemente o estabelecimento do Governo Real da União Nacional sob liderança da Frente Unida Nacional do Camboja. Fortalecendo sua unidade, apoiando uns aos outros e perseverando na guerra popular prolongada, os três povos indochineses certamente vencerão todas as dificuldades e conquistarão a vitória completa.

Enquanto massacra o povo em outros países, o imperialismo americano extermina brancos e negros em seu próprio país. As atrocidades fascistas de Nixon acenderam as furiosas chamas do movimento revolucionário das massas nos Estados Unidos. O povo chinês firmemente apoia a luta revolucionária do povo americano. Estou convencido de que o povo americano que está lutando corajosamente acabará vitorioso e que o regime fascista nos Estados Unidos será inevitavelmente derrotado.

O governo de Nixon está repleto de problemas internos e externos, com absoluto caos em casa e extremo isolamento no exterior. O movimento de protestos em massa contra a agressão americana no Camboja varreu o mundo. Em menos de dez dias após o seu estabelecimento, o Governo Real da União Nacional do Camboja foi reconhecido por quase vinte países. A situação só melhora na guerra de resistência contra a agressão americana e de salvação nacional travada pelos povos do Vietnã, Laos e Camboja. As lutas armadas revolucionárias do povo dos países do sudeste asiático, as lutas do povo da Coreia, do Japão e de outros países asiáticos contra o renascimento do militarismo japonês pelos reacionários japoneses e americanos, as lutas dos palestinos e demais países árabes contra os agressores israelo-americanos, as lutas de libertação nacional dos povos asiáticos, africanos e latino-americanos e as lutas revolucionárias dos povos da América do Norte, Europa e Oceania estão todas se desenvolvendo vigorosamente. O povo chinês firmemente apoia o povo dos três países indochineses e dos demais países do mundo em suas lutas revolucionárias contra o imperialismo americano e seus lacaios.

O imperialismo americano, que parece um enorme monstro, é um tigre de papel em sua essência, agora à beira de seu leito de morte. No mundo de hoje, quem é que realmente teme quem? Não são os povos vietnamita, laosiano, cambojano, palestino, árabe ou de outros países que temem o imperialismo americano; é o imperialismo americano que teme os povos do mundo. Entra em pânico ao simples soar das folhas ao vento. Inúmeros fatos provam que uma causa justa recebe amplo apoio, enquanto uma causa injusta recebe pouco apoio. Uma nação fraca pode derrotar uma forte, uma nação pequena pode derrotar uma grande. O povo de um pequeno país certamente pode derrotar a agressão por parte de um grande país se simplesmente ousar levantar-se em luta, ousar pegar em armas e tomar as rédeas do destino de seu país em suas próprias mãos. Essa é uma lei da História.

Povos de todo o mundo, uni-vos e derrotai os agressores americanos e todos os seus lacaios!


Inclusão: 27/09/2021