MIA - Secção em Português
Nélson Werneck Sodré
foto
1911-1999

 

Militar, historiador e sociólogo brasileiro, fez carreira no Exército, chegando ao posto de general-de-brigada. Foi crítico literário e sempre se considerou um profissional da imprensa.

Até o início da década de 1950, Nelson Werneck Sodré teve uma brilhante carreira militar: chegou a ser instrutor na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, onde lecionava História Militar. Em 1951, foi desligado da Escola de Estado-Maior devido às posições políticas que assumiu publicamente: por participar da diretoria do Clube Militar, empenhada na luta pelo monopólio estatal da pesquisa e lavra do petróleo no Brasil, e pela publicação, sob pseudônimo, de um artigo na Revista do Clube Militar, claramente identificado com as posições sustentadas à época pelo PCB, em que combatia a participação do Brasil na Guerra da Coreia.

Nelson Werneck Sodré se identificava com a tese do desenvolvimento autônomo de nossa economia. Através de estudos direcionados para a relação entre o colonialismo e o imperialismo, para a formação e constituição das classes sociais no Brasil e, em especial, para a discussão de quem seria o povo brasileiro e o papel que poderia desempenhar na luta anti-imperialista, orientou a sua produção intelectual para a identificação da classe ou da aliança de classes que poderia encaminhar o processo revolucionário no país.

Logo após o golpe de 1964, teve os seus direitos políticos cassados por dez anos. Ficando impedido de lecionar e de escrever artigos para a imprensa. Optou por não se exilar e dedicou-se, a resistir da única forma que lhe parecia ser possível: escrevendo. Como os demais meios de comunicação lhe foram interditados, passou a escrever livros.

Fonte: Wikipédia e IPEA

Atualmente estão disponíveis em Português as seguintes obras:

1996 - out Imperialismo e Neoliberalismo
1998 - out A História Vive! - Entrevista a Bernardo Joffily
   
Seja um Voluntário! Se você deseja colaborar com a construção desta biblioteca, ou deseja iniciar uma nova biblioteca para um autor cujo trabalho contribui de alguma maneira para a compreensão do Marxismo, entre em contato conosco.

Abriu o arquivo: 28/11/2019
Última alteração: 07/12/2019