MIA - Secção em Português
Maurício Tragtenberg
foto
1929-1998

 

Sociólogo e professor brasileiro. Foi filiado ao Partido Comunista Brasileiro/Partido Comunista do Brasil. Foi expulso do partido, com base em um artigo que proibia ao militante contato direto ou indireto com trotskistas ou com a obra de Leon Trotsky, autor por ele lido e relido. Tornou-se dirigente do recém-fundado Partido Socialista Revolucionário (PSR), então seção brasileira da IV Internacional, junto com inúmeros camaradas como Herminio Sacchetta, Febus Gikovate, Alberto da Rocha Barros, Vítor Azevedo, Patricia Galvão (Pagu), Florestan Fernandes, entre outros.

Irreverente com relação aos símbolos e às artimanhas do poder autoritário, foi um intelectual independente e crítico em relação à burocracia acadêmica, que desprezava. Definia-se como um socialista libertário, ao contrário de "anarquista", e radical.

Através da crítica incisiva ao modelo pedagógico burocrático, chegou à teoria da pedagogia libertária, que questiona toda e qualquer relação de poder estabelecida no processo educativo e as estruturas que proporcionam as condições para que essas relações se reproduzam no cotidiano das instituições escolares.

Fonte: Wikipédia

Atualmente estão disponíveis em Português as seguintes obras:

1982 - nov O voto e as ilusões
1983 - jan A atualidade de Errico Malatesta
1985 - mar Relações de poder na escola
1991 Rosa Luxemburgo e a crítica aos fenômenos burocráticos
   
Seja um Voluntário! Se você deseja colaborar com a construção desta biblioteca, ou deseja iniciar uma nova biblioteca para um autor cujo trabalho contribui de alguma maneira para a compreensão do Marxismo, entre em contato conosco.

Abriu o arquivo: 08/04/2021
Última alteração: 24/11/2021