MIA - Secção em Português
André Breton
Foto de Breton
1896-1966

De 1927 a 1935 André Breton foi membro do Partido Comunista Francês, e a partir dai rompeu com a orientação do PCF, desgostoso com a orientação Estalinista e sob o impacto dos "Processos de Moscou". Permaneceu, porém, marxista e se aproximou da posições de Leon Trotsky, com quem teve numerosos encontros e trocou importante correspondência. Em 1938, o mestre do surrealismo, fundou com Leon Trotsky, então no México, a Federação da Arte Revolucionária Independente. Com a ocupação Nazista da França, foi para os Estados Unidos com Marcel Duchamp e Max Ernstman.

Actualmente estão disponíveis em Português as seguintes obras:

1924 Manifesto Surrealista
1925 Leão Trotsky: Lenine
1938 Por uma Arte Revolucionária Independente
Seja um Voluntário! Se você deseja colaborar com a construção desta biblioteca, ou deseja iniciar uma nova biblioteca para um autor cujo trabalho contribui de alguma maneira para a compreensão do Marxismo, entre em contato conosco.

Abriu o arquivo 06/02/2003
Última alteração 02/03/2003