MIA: Seção em Português

Biblioteca
Autores em ordem alfabética (162)
A   B   C   D   E  F  G  I H  J  K   L   M   N   P  Q  R   S   T   V   W   Z
A

Abramo, Fúlvio (1909 -1993)

Militante jornalista revolucionário brasileiro. Entrou no movimento de esquerda em 1928, formando um grupo independente com mais nove militantes, que se filiou à Oposição de Esquerda organizada por Mário Pedrosa, Aristides Lobo, Lívio Xavier e João da Costa Pimenta. Foi fundador e dirigente da Liga Comunista Internacionalista (Brasil) - seção brasileira da Oposição de Esquerda Internacional impulsionada por Leon Trotsky. Fundador do Partido dos Trabalhadores em 1981, colaborador do Jornal O Trabalho e fundador-presidente do Centro de Documentação do Movimento Operário Mário Pedrosa.

Akcelrud, Isaac (1914 -1994)

Filiou-se ao PCB em 1936 na juventude comunista gaúcha. Sua militância durante os vinte anos seguintes concentrou-se na imprensa popular do PCB. Foi um dos líderes da dissidência do PCB após a divulgação do Relatório Kruschev em 1956. Falhada a tentativa de construir uma alternativa à esquerda do PCB, Isaac passaria as próximas décadas envolvido em um esforço de desestalinização do seu marxismo, de reencontro com as fontes originais da tradição leninista e com o marxismo de Trotski, de renovação de perspectivas. Reencontrou um fio de continuidade de uma militância revolucionária no interior do PT e no coletivo da tendência Democracia Socialista. Engajou-se como jornalista e organizador no movimento dos Sem-Terra.

Allende, Salvador (1908 -1973)

Médico, fundador do Partido Socialista Chileno; Deputado entre 1937 e 1945; Ministro da Saúde no governo de Frente Popular em 1938; Senador entre 1945 e 1970. Em setembro de 1970 foi eleito Presidente do Chile, primeiro Presidente Marxista eleito democráticamente na América Latina. Propôs nacionalizar as minas chilenas de cobre. Em 11 de setembro de 1973, três anos após eleito, foi deposto por um golpe militar organizado pelos Estados Unidos. O Palácio presidencial foi bombardeado pelos militares e Allente morreu de armas na mão resistindo ao golpe e defendendo o regime constitucional.

Althusser, Louis (1918 -1990)

Nascido em Argel. Filiou-se ao Partido Comunista em Paris em 1948. Buscou a reconciliação entre o marxismo e o estruturalismo é geralmente lembrado como o mais importante defensor do estruturalismo moderno e principal proponente da idéia de que o “Marx maduro” teve uma quebra fundamental com o “humanismo” romântico do “jovem Marx”. Althusser enxergava o humanismo de Marx como uma fase temporária, Feuerbachiana, superada pelo comprometimento com a observação científica da estrutura da sociedade burguesa.

Amado, Jorge (1912 - 2001)

Formou-se pela Faculdade Nacional de Direito, no Rio de Janeiro, em 1935. Militante comunista, foi obrigado a exilar-se na Argentina e no Uruguai entre 1941 e 1942, período em que fez longa viagem pela América Latina. Em 1945, foi eleito membro da Assembléia Nacional Constituinte, na legenda do Partido Comunista Brasileiro (PCB), tendo sido o deputado federal mais votado do Estado de São Paulo. Jorge Amado foi o autor da lei, ainda hoje em vigor, que assegura o direito à liberdade de culto religioso. Em 1947 o PCB foi declarado ilegal e seus membros perseguidos e presos. Jorge Amado teve que se exilar com a família na França, onde ficou até 1950, quando foi expulso. Entre 1950 e 1952, viveu em Praga. De volta ao Brasil, Jorge Amado afastou-se, em 1955, da militância política, sem, no entanto, deixar os quadros do Partido Comunista. Dedicou-se, a partir de então, inteiramente à literatura.

Amazonas, João (1912 - 2002)

Aderiu à Aliança Nacional Libertadora (ANL) em 1935, em seguida ingressou na Juventude Comunista e logo após no Partido Comunista do Brasil (PCB). Em 1943, foi eleito membro do Comitê Central do PCB. Foi um dos participantes da Conferência que criou o Partido Comunista do Brasil, que adotou a sigla PC do B. Participou da organização da guerrilha do Araguaia, principal movimento de contestação armada à ditadura militar no Brasil.

Arafat, Yasser (1929 - 2004)

Líder palestino foi, desde 1969, organizador da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), , líder de Al Fatah (a maior facção armada da OLP) e de 1996 até a sua morte foi Presidente da Autoridade Palestina. Em 1994 Premio Nobel de la Paz.

Arruda, Diógenes (1914 - 1979)

Diógenes Alves de Arruda Câmara, nasceu no Recife, Pernambuco, Brasil. Ingressou no Partido Comunista Brasileiro, então Partido Comunista do Brasil, em 1934. Foi editor da revista Problemas. Em 1943 passa a fazer parte do Comitê Central do PCB. Com as mudanças ocorrida no PCB, recriou, junto com outros militantes, o Partido Comunista do Brasil, sob a nova sigla PC do B, tornando-se um dos dirigentes. Em 1968 foi preso e torturado pela Ditadura Militar que se instalara no Brasil em 1964.

B

Babeuf, Gracchus (1760 - 1797)

Publicou em 1790 “O Cadastro Perpétuo”, em que defende as reivindicações de igualdade radical do povo de Paris. Fundou em 1794 o jornal “A Tribuna do Povo” e criou em 1795 a Sociedade dos Iguais. Marx considerava Babeuf o “primeiro comunista ativista” e a Conjuração do Iguais o "primeiro partido comunista". Para Rosa de Luxemburgo, Babeuf é "o primeiro precursor dos levantes revolucionários do proletariado".

Bakunin, Mikhail (1814-1876)

Revolucionário russo, um dos fundadores do anarquismo. Partícipiou activamente na revolução de 1848-1849 na Alemanha. Membro da I Internacional, onde desenvolveu uma actividade cisionista contra Marx e Engels, tentando tomar nas suas mãos a direcção do movimento operário internacional. Em 1872 foi expulso da Internacional.

Barata, Agildo (1905-1968)

Participou da Revolução de 1930 e da Aliança Nacional Libertadora (ANL). Ingressou no Partido Comunista do Brasil (PCB) em 1935. Em janeiro de 1947 elegeu-se vereador no Rio de Janeiro, então Distrito Federal, na legenda do PCB. Em 1956, abalado pela divulgação do relatório de Nikita Kruschev no XX Congresso do Partido Comunista da União Soviética, passou a defender uma radical democratização das estruturas partidárias. Não obtendo sucesso na defesa de suas propostas, no ano seguinte resolveu deixar o PCB.

Basbaum, Leôncio (1907-1969)

Um dos fundadores da Editorial Vitória, editora do Partido Comunista Brasileiro (PCB) e da Juventude Comunista Brasileira (JCB). Membro do Secretariado Político, Secretaria-Geral, e ocuparia ainda a Secretaria de Agitação e Propaganda - do PCB. Expulso do Partido em 1934, readmitido em 1936. Se afastaria gradativamente do PCB a partir de 1952.

Bensaid, Daniel (1946-2010)

Um dos fundadores da JCR (Juventude Comunista Revolucionária) em 1966 e, pouco depois, um dos animadores do Movimento 22 de Março, ao lado de Cohn Bendit e de outros ativistas. Foi um destacado dirigente do Maio de 68. Em 1969, foi um dos fundadores da LCR (Liga Comunista Revolucionária), sendo, durante muito tempo, membro de sua direção.

Beria, Lavrentiy (1899-1953)

Participou ativamente da Revolução de Outubro na Georgia. Após a vitória da Revolução ingressou na Cheka e chegou a chefiar a NKVD na Georgia. Em 1930 foi trazido por Stalin para Moscou para servir sobre o comando de Nikolai Yezhov, a quem substituiu após a prisão do mesmo. Foi membro do Comitê Central do Partido Comunista tendo ingressado, em 1946, no Politiburo. Após a morte de Stalin foi preso e acusado de atividades anti-soviéticas, condenado e executado em 23 de dezembro de 1953.

Berlioz, Joanny (1892-1965)

Político francês, professor e jornalista. Militante comunista, foi membro do Comité Central do Partido Comunista Francês de 1925 à 1959. Exerceu os seguintes mandatos: Deputado (1936-1940, 1945-1946); Senador (1946-1958) e Presidente da câmara municipal de Epinay-sur-Seine (1935-1940, 1945-1947).

Bonnet, Marguerite (1920-1965)

Crítica literária. Nasceu em Saint-Anthème (Puy-de-Dôme) em 1920. Foi Natália Sedova Trotsky quem em 1960 pus ela em relação com André Breton. Editou em 1969 as Œuvres complètes de Lautréamont (Garnier, París, 1969), textos inéditos de Breton, Perspective cavalière (Gallimard, 1970) e «André Breton : œuvres complètes », Bibliothèque de la Pléiade, Gallimard, 1988. A sua tese doutoral foi publicada em 1975 (Ed. Corti, París) sob o título André Breton, naissance de l‘aventure surréaliste.

Bordiga, Amadeo (1889-1970)

Dirigente e teórico comunista italiano. Participou na fundação do Soviete de Nápoles em 1918. Membro da ala esquerda do Partido Socialista Italiano e em seguida membro fundador e principal teórico do Partido Comunista.

Breton, André (1896 - 1966)

De 1927 a 1935 foi membro do Partido Comunista Francês, e a partir dai rompeu com a orientação do PCF, desgostoso com a orientação Estalinista e sob o impacto dos "Processos de Moscou". Se aproximou da posições de Leon Trotsky, com quem, em 1938, fundou a Federação da Arte Revolucionária Independente.

Brezhnev, Leonid (1906 - 1982)

Engenheiro ukraniano; ingressou no Soviete Supremo em 1950; no Politiburo em 1953 e em 1960 assumiu o cargo de Presidente da URSS.

Bruoué, Pierre (1926 - 2005)

Historiador francês, professor da Universidade de Grenoble e integrante da IV Internacional. Nos últimos 25 anos de sua vida dedicou-se à criação do Instituto Leon Trotsky e à publicação dos Cahiers Leon Trotsky, que publicaram numerosos trabalhos sobre a história do movimento trotskista em todo o mundo.

Bukharin, Nikolai (1888 -1938)

Bolchevique anterior à revolução. Conheceu Trotsky em Nova Iorque com quem manteve estreitas relações até 1923. Editor do jornal Pravda entre 1918-1929. Líder do Comintern de 1926 a 1929. Rompeu com Stálin em 1928 para liderar a "Oposição de Direita"

Bulganin, Nikolai (1895 - 1975)

Primeiro-ministro soviético de 1955 a 1958; entrou para o partido bolchevique em 1917. Em 1935 tornou-se membro do Comitê Central do PCUS, e entre 1938 e 1941 foi vice-presidente do Conselho de Comissários do Povo e diretor do Banco Estatal. Ministro da Defesa de 1947 a 1949, entre 1948 e 1958 passou a fazer parte do Politburo do Comitê Central do Partido.

C

Cabral, Amílcar. (1924 -1973)

Activista político pela libertação das colónias portuguesas de Guiné e Cabo Verde, desenvolveu a luta com a fundação de um partido político em 1956 e depois com a luta armada a partir de 1961. Fundador do Partido Africano para Independência e União dos Povos da Guiné e de Cabo Verde (PAIUPGC), depois tornado em Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC).

Campoamor, Clara. (1888 -1972)

Política republicana espanhola e defensora dos direitos da mulher. Afilou-se ao Partido Radical e em 1931 foi eleita ao Congresso, convertendo-se, junto a Margarita Nelken do PSOE e Victoria Kent do Partido Radical Socialista, em uma das primeiras mulheres a conseguir uma vaga no Parlamento republicano.

Cannon, James Patrick. (1890 -1974)

Um dos fundadores do Partido Comunista dos Estados Unidos (CPUSA) e pioneiro do trotskismo nos Estados Unidos e fundador do Partido Socialista dos Trabalhadores (Socialist Workers Party - SWP).

Carone, Edgard (1923 -2003)

Historiador dedicado ao período republicano, ao movimento operário e à história do marxismo no Brasil, Carone era marcado principalmente pela recusa de participação em falsos debates acadêmicos. Expunha seu trabalho através dos livros e não comentava os ataques velados que começaram a surgir depois de 1980, quando nova vertente historiográfica procurou outras abordagens do movimento operário. Sua obra é essencialmente narrativa.

Carvalho, Apolônio de (1912 -2005)

Ex-militar brasileiro que integrou a Aliança Nacional Libertadora em 1935; em 1937 ingressou no Partido Comunista Brasileiro; integrante da Brigadas Internacionais na Guerra Civil Espanhola; Comandante da guerrilha dos partisans na França durante a Segunda Guerra Mundial. Ex-Secretário Geral do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário em 1968. Um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores em 1980.

Che Guevara, Ernesto (1928 -1967)

Médico Argentino: Juntou-se a Fidel Castro no México em 1954; Um dos líderes da Revolução Cubana de 1956-59. Che foi presidente do banco nacional de Cuba e ministro da indústria no período imediatamente a seguir à Revolução Cubana.

Carpio, Salvador Cayetano (1918 - 1983)

Político e dirigente sindical salvadorenho, conhecido também por seu pseudônimo de Comandante Marcial. Ingressou, em 1945, no Partido Comunista Salvadorenho e foi o fundador das Forças Populares de Libertação "Farabundo Martí", do Bloco Popular Revolucionário e da Frente Farabundo Martí para a Liberatação Nacional..

Connolly, James (1868 - 1916)

Nascido em Edimburgo, Escócia, de pais irlandeses -, ativista do movimento socialista em Edinburgo no início dos anos 1890 - chegou à Irlanda em 1896 e fundou o Partido Socialista Republicano Irlandês. Emigrou para os Estados Unidos em 1903 tendo sido membro do Socialist Labour Party e da Industrial Workers of the World. Fundador da Irish Socialist Federation em Nova York, 1907. Retornou à Irlanda em 1910 como membro do Partido Socialista da Irlanda. Comandante do Exército Civil Irlandês em 1914 e Comandante Geral da Divisão de Dublin do Exército da República em 1916. Foi executado após a Revolda de 1916.

Coutinho, Carlos Nelson (1943 - 2012)

Intelectual marxista brasileiro, sempre articulou sua reflexão teórica com a prática militante. Dedicou-se à crítica cultural nos anos 1960 e 1970 e teve papel destacado na divulgação das obras de Lukács e Gramsci no Brasil. Foi militante do Partido Comunista Brasileiro, do Partido dos Trabalhadores e do PSoL.

Cunhal, Álvaro (1913 - 2005)

Dedicou toda a sua vida ao ideal e projeto comunista, à causa da classe operária e dos trabalhadores, da solidariedade internacionalista, a um compromisso e dedicação sem limites aos interesses dos trabalhadores e do povo português, da soberania e independência de Portugal. Autor de vasta obra publicada quer no plano político e ideológico, quer no plano literário, nomeadamente com o pseudônimo de "Manuel Tiago", quer ainda no plano das artes plásticas.

D

Debord, Guy (1931 -1994)

Escritor francês. Foi um dos pensadores da Internacional Situacionista e da Internacional Letrista e seus textos foram a base das manifestações do Maio de 68. A Sociedade do Espetáculo é o trabalho mais conhecido de Guy Debord. Em termos gerais, as teorias de Debord atribuem a debilidade espiritual, tanto das esferas públicas quanto da privada, a forças econômicas que dominaram a Europa após a modernização decorrente do final da segunda grande guerra.

Dimitrov, Georgi Mikhailovich (1882 -1949)

Líder sindical e um dos fundadores do Partido Comunista Búlgaro em 1919. Em 1921 foi eleito para o Comitê Executivo do Comintern. Liderou em 1923 uma fracassada revolta dos trabalhadores brutalmente reprimida pelo governo capitalista. Na ocasião foi condenado à morte mas escapou para a Alemanha. Em 1933 foi acusado pelo regime nazista de ter incendiado o prédio do parlamento alemão o Reichstag. Dimitrov fez uma defesa enérgica e saiu da posição de acusado para a de acusador, dando um exemplo para todos os revolucionários do mundo de como o revolucionário deve fazer sua defesa e comportar-se perante um tribunal fascista e burguês.

Dutt, Rajani Palme (1896 -1974)

Importante figura do Partido Comunista Britânico. Em 1920, ingressou no recém criado Partido Comunista da Grã-Bretanha. Em 1921 fundou o jornal Labour Monthly, sendo seu editor até a sua morte. Foi membro do Comitê Executivo do Partido Comunista da Grã-Bretanha de 1923 até 1965, sendo um dos seus teóricos.

 
E

Einstein, Albert (1879-1955)

Físico alemão, um dos mais criativos intelectuais da história, autor de uma série de teorias que propuseram nova abordagem acerca do espaço, do tempo, da matéria e da gravitação, revolucionando a ciência e a filosofia. Einstein possuia um intenso senso de responsabilidade de justiça social, ainda que seus esforços neste campo não tenham obtido sucesso.

Engels, Friedrich (1820-1895)

Fundador, junto com Marx, do socialismo científico. Lançaram as bases do Materialismo Histórico e Dialético e da Economia Política do Capitalismo a partir da análise do surgimento do capitalismo, da história das sociedades humanas e da crítica de outras correntes filosóficas então em voga.

F

Facó, Rui (1913-1963)

Importante intelectual orgânico, que sempre esteve ao lado dos trabalhadores, como ligação de classe: Rui Facó. Construiu formulações para entender o Brasil no século XX, utilizando-se do referencial marxista para explicar a ação dos trabalhadores, as lutas sociais e a sociedade brasileira.

Fanon, Frantz (1925-1961)

Psiquiatra francês alista-se na Frente Nacional de Libertação da Argélia (FLN). Em 1961, publica “Condenados da Terra” onde analisa o papel da classe, raça, cultura nacional e da violência na luta de libertação nacional. Nesta altura, está já influenciado por Lacan, Sartre, por Aimé Cesaire e por Marx e pelo marxismo.

Fernandes, Florestan (1920-1995)

Considerado fundador da sociologia crítica no Brasil, Florestan Fernandes foi o mestre de uma geração de cientistas sociais. Tentando conciliar a contribuição teórica de Karl Marx, Max Weber e dos funcionalistas, sua obra expressa uma interpretação original – sob muitos aspectos controvertida – de nossa sociedade.

Ferreira, Joaquim C. (1913-1960)

Jornalista, Comandante da AÇÃO LIBERTADORA NACIONAL (ALN). Nasceu a 5 de setembro de 1913 em São Paulo, Brasil. Entrou para o Partido Comunista, em 1933 e dedicou sua vida à causa da libertação do povo brasileiro.

Feuerbach, Ludwig (1804-1872)

Destacado filósofo materialista e ateísta alemão. Ideólogo da burguesia revolucionária, do hegelianismo de esquerda passou para o materialismo. Sua filosofia representa o elo intermediário entre a filosofia de Hegel e a de Marx.

Foster, William Z. (1881-1961)

Membro do Partido Socialista Americano, organizador de sindicatos, líder da greve dos trabalhadores do aço em 1919 e fundador do Partido Comunista dos Estados Unidos (CPUSA), tendo sido seu candidato a Presidente em 1924, 1928 e 1932, e Presidente do Partido após a Segunda Guerra Mundial.

G

Giap, Vo Nguyen (1911-2013)

General vietnamita, fundador e comandante supremo do Exército do Povo do Vietnam e um dos mais importantes estrategistas militares do século XX, que comandou as forças do Vietnam que derrotaram o exército francês na Batalha de Dien Bien Phu em 1954, encerrando o domínio colonial europeu no país, criando o Vietnam do Norte e Vietnam do Sul e o Exército dos Estados Unidos na Guerra do Vietnam, que resultou novamente na unificação do Vietnam, sob regime comunista.

Gorender, Jacob (1923-2013)

Um dos mais respeitados intelectuais da esquerda brasileira, faleceu em 11 de junho, aos 90 anos. Sua vida foi marcada por lutas políticas e uma vasta produção acadêmica. Membro do Partido Comunista Brasileiro (PCB) por quase três décadas, foi também criador do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR). Participou de jornais, estudou na União Soviética e foi preso e torturado político na ditadura militar.

Gonçalves, Bento (1902-1942)

Eleito secretário-geral do Partido Comunista Português em 1928, percebeu que tinha que adaptar o partido às condições de clandestinidade e à repressão, reconstruir as estruturas de direcção e aumentar a ligação entre operários, camponeses, estudantes e militares bem como reforçar as solidariedades internacionais.

Gonçalves, Vasco (1921-2005)

Militar e político português. Inicia a carreira militar em 1946 e no ano seguinte entra para a Escola Prática de Engenharia. Fez comissão na Índia (1955-1957). Em 1959 (11-12 de Março) fica ligado à chamada “Conspiração da Sé”, projecto de golpe militar contra o governo de Salazar, organizado pelo “Movimento Militar Independente”. Integrante do II, III, IV e V Governo Provisório após a derrubada de Salazar.

Gottwald, Klement (1896-1953)

Foi Presidente da Tchecolosváquia no período de 14 de junho de 1948 a 14 de março de 1953. Marceneiro de profissão, foi um dos fundadores do Partido Comunista Tcheco em 1921. Em 1929 ocupou o cargo de Secretário-Geral do Partido. Entre 1946 e 1948 ocupou as funções de Primeiro Ministro.

Grabois, Maurício (1912 - 1973)

Ingressou no Partido Comunista do Brasil - PCB em 1932. Um dos principais rearticuladores do Partido Comunista do Brasil - PC do B. Dirigiu o órgão partidário "A Classe Operária". Participou da preparação da luta e na resistência armada do Araguaia. Ali comandou as Forças Guerrilheiras e foi assassinado pela repressão.

Gramsci, António (1891-1937)

Membro fundador do Partido Comunista Italiano. Teorizou sobre conceitos chave, como sejam a hegemonia, a base, superestrutura, intelectuais orgânicos e guerra de posições.

Grossman, Henryk (1881-1950)

Nasceu em Cracóvia, na Galiza. Aderiu ao Partido Social Democrata Polaco (PPSD). Na Universidade atuou na organização dos trabalhadores judeus. Liderou a dissidência que em 1905 fundou o Partido Social-Democrata Judeu da Galiza tendo sido eleito Secretário do Partido.

Guérin, Daniel (1904-1988)

Escritor e anarquista francês, de família burguesa e formação católica. O grande mérito de Guérin é abrir o caminho para a reflexão não dogmática sobre o marxismo libertário e sobre o anarquismo. O espírito libertário, portanto, reflexivo, não-dogmático, crítico, autocrítico, é a grande contribuição dos seus escritos.

 
H

Hallas, Duncan (1925 - 2002)

Nasceu em Manchester, Inglaterra. Durante a Segunda Guerra Mundial, ainda jovem, ingressou na Trotskyist Workers International League. Após a guerra apoiou as críticas contra o trotskismo "ortodoxo" sendo um dos fundadores do Socialist Review Group que foi o precursor do British Socialist Workers Party.

Harman, Chris (1942-2009)

Prticipou do Socialist Review Group - predecessora da Internacional Socialista (IS), e do Socialist Workers Party (SWP). Foi editor da International Socialism e jornalista na Socialist Worker. Tornou-se Editor da Socialist Worker em 1975-7 e depois novamente entre 1982 e 2004. Foi um dos mais importantes teóricos da International Socialist Tendency (IST).

Hegel, Georg W. Friedrich (1770-1831)

Nasceu em Stuttgart. Estudou no seminário da Igreja Protestante (Tübinger Stift) em Württemberg. Fascinou-se pelas obras de Spinoza, Kant e Rousseau, assim como pela Revolução Francesa. É considerado um dos expoentes do idealismo filosófico do século XIX.

Heijenoort, Jean Van (1912-1986)

Historiador da lógica matemática e secretário e guarda-costas de Trotsky.

Ho Chi Minh (1890-1969)

Líder comunista vietnamita e principal articulista da luta do Vietnã contra o domínio colonial francês. Participou do grupo fundador do Partido Comunista francês. Participou, na China, da fundação do Partido Comunista Indochinês (PCI). Ho não foi apenas o fundador do comunismo vietnamita; ele era também a verdadeira alma da revolução e da luta do Vietnã por sua independência.

Hobsbawm, Eric (1917-2012)

Historiador marxista britânico reconhecido como um importante nome da intelectualidade do século XX. Ao longo de toda a sua vida, Hobsbawm foi membro do Partido Comunista Britânico.

Hoxha, Enver (1908-1985)

Nasceu em Gjirokastër na Albânia. Primeiro Chefe do Governo Comunista da Albânia, ao qual serviu por quatro décadas. Após a invasão da Albânia pela Alemanha, em 1941, Hoxha, junto com outros militantes, fundou o Partido Comunista da Albânia que posteriormente adotou a denominação de Partido do Trabalho da Albânia. Foi Secretário do Comitê Central do Partido do Trabalho da Albânia. De 1944 até 1954 foi Primeiro Ministro da Albânia.

 
I

Iaroslavski, Emilian (1878-1943)

Ingressou no POSDR em 1898, organizando as células comunistas entre os trabalhadores da ferrovia Trans-Baikal. Em 1901 converteu-se em correspondente do jornal revolucionário Iskra, e no ano seguinte foi nomeado membro do Comité do POSDR na cidade de Tchita como um dos líderes da ala militar, aderindo ao grupo bolchevique durante a cisão entre eles e os mencheviques. Após a Revolução de Fevereiro de 1917, é nomeado membro do Comité de Segurança Geral de Iakut . Durante a Revolução de Outubro de 1917, Iakovslavski é membro do Comité Militar-Revolucionário no Distrito Militar de Moscovo.

Ibarruri, Dolores (1895-1989)

Secretária-geral do Partido Comunista Espanhol de 1942 até 1960, Trabalhou em todos os sectores do Partido, na clandestinidade e na legalidade. Sofreu prisões antes da Guerra Civil. Foi eleita para o Comité Executivo da III Internacional, em Moscovo em 1935. Durante a Guerra Civil Espanhola, a figura da Pasionaria, os seus discursos, a sua força e coerência, provocavam verdadeiras paixões entre o povo de Espanha. O seu grito «No pasarán!» ainda hoje se ouve como sinal potente contra o fascismo.

Ilyenkov, Evald Vasilyevich (1924-1979)

Filósofo soviético que trabalhou principalmente, a partir de um ponto de vista materialista, sobre a teoria do conhecimento, a lógica e a dialética, enfatizando a unidade entre o subjetivo e o objetivo e a ligação orgânica entre a lógica e a história. Foi um crítico implacável do positivismo, além de discutir questões sobre psicologia e educação e escrever sobre a teoria da personalidade, o desenvolvimento do pensamento e da apropriação do conhecimento no ensino escolar, estando interessado particularmente na teoria da atividade em conexão com a escola histórico-cultural.

 
J

Joffe, Adolph Abramovich (1883-1927)

Russo, ex-menchevique, amigo íntimo de Trotsky foi Comissário de Assuntos Estrangeiros; redator do Pravda; atuou como Delegado nas negociações da paz de Brest-Litovsk; embaixador da União Soviética no Japão, China e Áustria.

 

K

Kaganovitch, Lazar (1893 -1991)

Sapateiro de profissão ingressou no Partido em 1911, foi líder do Partido Comunista da Ucrânia. Integrou o Politiburo e teve destacado papel no programa de coletivização e nos expurgos promovidos por Stalin no período 1936-1938. Entre 1935-1937, ocupou os cargos de Comissário do Povo para os Transportes e entre 1937-1939 o de Comissário do Povo para a Indústria Pesada e a Indústria Petrolífera. Após a morte de Stalin, em 1953, perdeu o poder vindo a ser expulso do Partido Comunista em 1957.

Kalinin, Mikhail Ivanovich (1875 -1946)

Sapateiro profissional, redator do Rabochaya Mysl. Em 1905 ingressou no grupo bolchevique, ajudou a criar a Central Sindical dos Trabalhores Metalúrgicos. Em 1919 passou a integrar o Comitê Central do Partido Comunista até 1938, e de 1938 a 1946 integrou o Presidium do Soviet Supremo da URSS.

Kant, Immanuel (1724 -1804)

Filósofo alemão, fundador do idealismo clássico aliemão. Ensinou filosofia em Koenigsberg. Autor da Crítica da Razão Pura e da Crítica da Razão Prática. Sua filosofia dá como tarefa ao espírito humano, não encontrar os princípios das coisas, mas as próprias coisas, tais como se nos apresentam em suas relações conosco. Kant exerceu influência considerável sobre o desenvolvimento ulterior da filosofia, sobretudo na Alemanha.

Kautsky, Karl (1854 -1938)

Um dos teóricos mais importante da Segunda Internacional e fundador do periódico "Die Neue Zeit", publicação de enorme influência nos círculos marxistas.

Khrushchev, Nikita(1894 -1971)

Ingressou no Partido Comunista da União Soviética - PCUS em 1918. Em 1934, foi eleito Primeiro Secretário do Partido Comunista Ucraniano; em 1939 passou a integrar o Politiburo. Em 1953 assumiu o cargo de Primeiro Secretário do Partido. Em 1958 assumiu o cargo de Presidente do Conselho de Ministros acumulando com o cargo de Primeiro Secretário. Deixou o governo em 15 de outubro de 1964.

Kin Il Sung (1912 - 1994)

Criou o Exército do Povo da Coreia. Com o início do conflito entre a Coreia do Norte a do Sul, assumiu o cargo de Primeiro Ministro da República Popular Democrática da Coréia e tornou-se vice-presidente do Partido dos Trabalhadores da Coréia do Norte. Organizou a economia da Coreia do Norte com base nos princípios do "Juche", uma interpretação do marxismo criada por Kim.

Kollontai, Alexandra (1872 - 1952)

Revolucionária bolchevique. Dirigiu a "Oposición Obrera" que se opos ao controlo partidário sobre os sindicatos e promoveu o sindicalismo industrial. Primeira embaixadora da História. Promoveu o amor livre e escreveu sobre temas sociais e femininos. 

Korsch, Karl (1886 -1961)

Comunista de Esquerda alemão, autor de um dos documentos dentre os considerados como fundadores do chamado "Marxismo Ocidental". Ao final da Segunda Guerra foi expulso do Comintern.

Krupskais, Nadezda (1869 - 1939)

Revolucionária profissional, escritora e educadora. Foi Secretária da facção bolchevique do Partido Social Democrata, Secretária do Conselho do periódico Iskra, foi destacada personalidade do Partido Comunista e do Estado Soviético. Esposa de Lenin, com quem casou em 1898.

Kuusinen, Otto Wilhelm (1881-1964)

Literato, teórico socialista, historiador e político finlandês; Membro do Parlamento finlandês (1908-1913 e em 1917); Presidente do Partido Social Democrata; Oupou o cargo de Ministro da Educação durante a guerra civil (1917-1918), com a derrota dos comunistas fugiu para a Rússia aonde tornou-se membro do Politiburo (o mais alto órgão da administração soviética); participou da fundação do Comintern, e trabalhou a partir de 1921 como Secretário-Geral.

L

Lafargue, Paul (1841 - 1911)

Médico e socialista francês, autor de várias obras sobre a história do marxismo. Foi um dos fundadores do Partido Operário Francês em 1879. Na 1ª Internacional ocupou o cargo de secretário correspondente para Espanha entre 1866 e 1868 e foi membro fundador das secções francesa, espanhola e portuguesa. Casou-se com Laura Marx, filha de Karl Marx.

Lamarca, Carlos (1937 - 1971)

Filho de pai sapateiro e mãe dona de casa, aos 16 anos, participou de manifestações de rua durante a campanha nacionalista "O petróleo é nosso". Em 1960, forma-se como aspirante a oficial. Em 1962, integrou o Batalhão Suez, nas Forças de Paz da ONU na região de Gaza, Palestina, e de onde retornou dezoito meses mais tarde, com as primeiras ideias socialistas, graças à pobreza que testemunhou no local e ao começo da leitura de clássicos marxistas. Em 24 de janeiro de 1969, Lamarca deixava as Forças Armadas e entrava na clandestinidade para lutar contra a ditadura militar no Brasil.

Leibiniz, Gottfried Wilhelm (1646 - 1716)

Matemático alemão (co-inventor do cálculo, lógica matemática moderna ), físico (lei da conservação da energia) , geólogo, etc, etc. Inicialmente um materialista mecanicista em filosofia, mas em oposição ao empirismo de Locke, mudou-se para uma posição de racionalismo e idealismo objetivo com a sua teoria de mônadas - as substâncias indivisíveis e espirituais de que o universo é composto; as mônadas eram dotados de auto-atividade, mas sem influência física umas sobre as outras.

Lênin, Vladimir I.(1870 - 1924)

Membro fundador, principal teórico e dirigente do Partido Bolchevique. Dirigiu o partido e os sovietes à tomada de poder na Revolução Russa de 1917. Fundou a Internacional Comunista, identificou o Imperialismo como fase superior do Capitalismo e enfatizou o papel do partido como vanguarda da revolução.

Leon, Daniel de (1852 - 1914)

Editor do The People, desde 1892 até seus últimos momentos de vida, DeLeon desenvolveu as estratégias e táticas para o estabelecimento civilizado do socialismo, nem por isso perdendo caráter revolucionário, em um país altamente industrializado como os Estados Unidos - o programa do Sindicato (União) Industrial Socialista do Partido Socialista do Trabalho (SLP).

Leontiev, Alexei N. (1904 - 1979)

Psicólogo russo. De 1924 a 1930, trabalhou com L.S.Vigotski. Estudou a memória e a atenção deliberadas, e desenvolveu sua própria teoria da atividade que ligava o contexto social com o desenvolvimento. Alexei Leontiev formulou o conceito de atividade como formação sistemática e unidade de análise para as ciências humanas.

Leuenroth, Edgard (1881 - 1968)

Um dos principais militantes anarquistas do Brasil durante a República Velha. Em 1905, esteve presente na fundação da Federação Operária de São Paulo, órgão que congregava os sindicatos dirigidos por anarquistas na capital paulista. Nesse mesmo ano, fundou o jornal anarquista Terra Livre. Foi diretor, entre 1909 e 1916, do jornal anticlerical A Lanterna. Em 1917, fundou A Plebe, outro importante órgão da imprensa anarquista. Em 1917, foi preso e processado sob a acusação de ser um dos principais promotores da greve então deflagrada em São Paulo. Durante toda a sua vida manteve a sua militância anarquista.

Li Dazhao (1888 - 1927)

Líder do Movimento 4 de maio, fundador do Partido Comunista da China, assassinado polos "senhores da guerra" em 1927.

Liebknecht, Karl (1871 - 1919)

Um dos fundadores do Partido Social-Democrata Alemão SPD (Sozialdemokratische Partei Deutschlands) e, também, um dos que junto com Rosa de Luxemburgo, em 1918, fundaram o Partido Comunista Alemão (KPD - Kommunistische Partei Deutschlands.

Lifschits, Mikhail (1905 - 1983)

Ccomeçou sua educação superior como um estudante de arte nos Estúdios Estaduais Vkhutemas de Arte e Tecnologia Superior, em Moscou no início da década de 1920. No final da década ele já havia desenvolvido fortes desavenças com seus instrutores classicamente orientados. Elegendo seguir uma análise da estética a partir de uma perspectiva fundamentalmente marxista, Lifschits se inscreveu no Instituto Marx-Engels de Moscou, onde ele desenvolveu um relacionamento de trabalho com o grande filósofo marxista György Lukács, em 1930.

Lisboa, Manoel (1944 - 1976)

Foi um dos principais dirigentes do PCR - Partido Comunista Revolucionário, fundado em 1966, e sua atuação esteve sempre voltada para a organização dos camponeses e das classes mais oprimidas.

Liu Chao-Tsi (1898 - 1969)

Foi vice-presidente do Governo Popular Central da República Popular da China e membro do Secretariado do Comitê Central do Partido Comunista da China, e um dos líderes do movimento revolucionário, bem como do movimento sindical da China.

Lucáks, György (1885 - 1971)

Filósofo e político Húngaro de origem judaica, ingressou no Partido Comunista Húngaro em 1918. Foi Comissário do Povo durante o efémero governo de Bela Kun, e tornou-se, no pós 2ª guerra, uma espécie de porta voz do Marxismo intelectual, sobretudo após a discussão pública que o opôs a K. Jaspers e outros filósofos ocidentais nos Encontros Internacionais de Genebra, de 1946.

Luxemburgo, Rosa (1871 - 1919)

Participou da fundação do Partido Social Democrata Polaco. Entrou para o Partido Social Democrata Alemão em 1898. Em 1907, na conferência do Partido Social Democrata Russo, apoiou os bolcheviques contra os mencheviques. Após a Revolução de Novembro de 1918 na Alemanha, juntou-se a Karl Liebknecht e fundaram o Partido Comunista Alemão.

M

Machel, Samora (1933-1986)

Em 1963 decidiu deixar o país em virtude das perseguições políticas de que era vítima e juntou-se à FRELIMO na Tanzânia. Fêz treinamento militar na Argélia; em 1966 chefiava o Departamento de Defesa da FRELIMO; em 1967 criou o Destacamento Feminino (DF) para envolver as mulheres moçambicanas na luta de libertação. Em 1969 passa a integrar o triunvirato que dirigia a FRELIMO e em 1970 assume a Presidência da FRELIMO, organiza a guerrilha e, finalmente, com a independência de Moçambique em 1975 assumiu a Presidência da República.

Makarenko, Anton S. (1888-1939)

Uma figura importante no desenvolvimento da educação soviética, foi especialmente influente na luta pela integração dos princípios democráticos na teoria e prática educacional. Seus inúmeros livros, foram amplamente publicadas e traduzidas incluindo o seu trabalho, A Estrada da Vida (Um épico da Educação), o primeiro volume de ser uma crônica de absorção de seus anos como diretor da Colônia Gorki para delinquentes juvenis na Ucrânia em 1920.

Malatesta, Errico (1853-1932)

Iniciou sua atividade política aos 14 anos, escrevendo uma carta de protesto ao rei Vittorio Emmanuele II, tendo, por este motivo, sido preso. Em 1871 filiou-se à Associação Internacional dos Trabalhadores, posteriormente abandonou o curso de medicina e passou a colaborar nas publicações L'Ordine e La Campana de Nápoles. Em 1919 retornou à Itália, aonde fundou o primeiro jornal diário anarquista: "Umanità Nova".

Malenkov, Gueórgui (1902 - 1988)

Ingressou no Exército Vermelho em 1919 e em 1920 filiou-se ao Partido Comunista da União Soviética. Participou ativamente dos expurgos efetuados por Stalin no período 1936-1937. Em 1946 passa a fazer parte do Politiburo. Em 1952 tornou-se membro do secretariado do PCUS. Com a morte de Stalin em 1953, ocupou os cargos de Premier e Primeiro-Secretário do Partido. Em 13 de março renunciou à liderança do Partido, sendo substituido por Khruschev. Foi afastado do cargo de Premier em fevereiro de 1955. Permaneceu então no órgão sucessor do Politburo o Presidium. Em 1957 foi forçado a renunciar mais uma vez em virtude de sua participação numa tentativa fracassada de depor Khruschev.

Malina, Salomão (1922 -2002)

Último Secretário Geral do Partido Comunista Brasileiro (PCB). Ingressou no PCB no início dos anos 1940. Durante sua vida passou vários anos presos e 35 anos na clandestinidade. Assumiu a direção do PCB em 1987 por ocasião do VIII Congresso do Partido. Foi diretor do jornal Imprensa Popular do PCB.

Mandel, Ernest (1923 - 1995)

Trotskista belga, fundador e dirigente da Quarta Internacional, renomado economista marxista. Aos 16 anos Mandel ingressou na seção belga da Quarta Internacional, e com 18 anos já era membro do seu Comitê Central, trabalhando então na clandestinidade. Aos 23, tornou-se membro do Secretariado Internacional da Quarta Internacional. Autor de vários ensaios políticos e livros de economia marxista.

Mao Zedong (1893-1976)

Em 1921, participa da fundação do Partido Comunista Chinês. Em 1923, é eleito para o Comitê Central. Em 1927, com a chegada de Chiang Kai Shek ao poder, inicia um movimento guerrilheiro que durou 22 anos e que ficou conhecido como "A Grande Marcha". Em 1949, com a instalação da República Popular da China, assumiu a Presidência da República, cargo que ocupou até 1959. Permaneceu como Presidente do Partido Comunista Chinês até a sua morte.

Marchais, George (1920 - 1997)

Secretário - Geral (SG) do Partido Comunista Francês (PCF) entre 1972-1994 e deputado à Assembleia nacional entre 1973-1997. Em 1970, torna-se SG adjunto do PCF. É com este cargo que vai conduzir a delegação comunista para um “Programa Comum” de governo com o Partido Socialista (PS) e com os “Radicais de Esquerda”. Em 1972, ascende finalmente ao cargo de SG do PCF. Continua com a ideia do “Programa Comum” à esquerda, começa a afastar-se de Moscovo e constituí com os homólogos do PC Italiano, Enrico Berlinguer e com o do PC de Espanha, Santiago Carrillo, um novo polo do comunismo internacional, conhecido como “Eurocomunismo”.

Marcuse, Herbert (1898 - 1979)

Alemão, filósofo político cuja combinação do marxismo e psicologia freudiana foi popular entre os estudantes no final dos anos 1960. Tornou-se membro do Partido Social Democrata, enquanto estudante na Universidade de Freiburg, Frankfurt. Aderiu ao Instituto de Investigação Social, em 1932. Sua obra Razão e Revolução, escrita em 1941, foi uma importante contribuição para a compreensão de Hegel e a influência que exerceu sobre Marx.

Mariátegui, José Carlos (1894 - 1930)

Teórico e dirigente revolucionário peruano; um dos fundadores do Partido Socialista Peruano. Em sua obra destaca o papel dos povos e culturas indígenas na luta de classes e pela transformação social.

Marighella, Carlos (1911-1969)

Aos 18 anos tornou-se militante do Partido Comunista. Anistiado em abril de 1945, participou da reorganização do Partido Comunista na legalidade. Marighella voltou suas reflexões em direção do problema agrário, redigindo, entre 1958 e 1969, uma série de análises teórico-políticas sobre este tema. Após o golpe militar de 1964, divergiu do Partido Comunista, criticando seu imobilismo. Desligou-se do Partido e fundou a ALN – Ação Libertadora Nacional para, de armas em punho, enfrentar a ditadura.

Marini, Ruy Mauro (1932 - 1997)

Cientista social brasileiro. Conhecido internacionalmente como um dos elaboradores da Teoria da Dependência. Um dos organizadores, na UnB, do círculo de estudos de O Capital de Karl Marx, onde pretendia analisar as sociedades latino-americanos à luz da teoria marxista, que se tornou base para a formulação da Teoria da Dependência.

Martens, Ludo (1946 - 2011)

Um dos fundadores do Partido do Trabalho da Bélgica (1979), fundador da revista Amado (“Todo o poder para os operários”), de clara orientação antirrevisionista e de crítica ao Partido Comunista da Bélgica, reformista. Em 1999, deixou o cargo de presidente para se transferir ao Congo e prosseguir o seu trabalho de solidariedade na antiga colônia belga, um dos seus principais campos de batalha.

Mattick, Paul (1904 - 1981)

Principal expoente do "Comunismo de Conselhos" e oponente da idéia de que a revolução deva ser conduzida por um partido político.

Marx, Karl (1818 -1893)

Fundador, junto com Engels, do socialismo científico. Lançaram as bases do Materialismo Histórico e Dialético e da Economia Política do Capitalismo a partir da análise do surgimento do capitalismo, da história das sociedades humanas e da crítica de outras correntes filosóficas então em voga.

Marx, Eleanor (1855 - 1898)

Personalidade do movimento operário inglês e internacional, filha mais nova de Marx, companheira do socialista inglês Eduard Aveling. Participou da Federação Democrática liderada por Henry Hyndman no início dos anos 1880. Junto com Eduard Aveling e William Morris participou da formação da Liga Socialista. Em 1889 participou, como delegada, da fundação da Segunda Internacional. Após a morte de Engels dedicou-se à tarefa de organizar os manuscritos de Marx.

Marx, Jenny (1814 -1881)

Filha de uma família proeminente em Trier, se casou com Karl Marx depois de um longo noivado. Colaboradora de Marx: enquanto ele escrevia ela transcrevia seus manuscritos.

Mehring, Franz (1846 - 1919)

Um dos fundadores do Spartakusbund. Colocou-se desde o começo da guerra (1917) na extrema esquerda da social-democracia alemã com Rosa de Luxemburgo e Karl Liebknecht e solidarizou-se, sem hesitar, com a revolução russa de 1917. Foi, em conjunto com Karl Liebknecht, Rosa Luxemburgo e outros, fundador do Partido Comunista da Alemanha.

Messali Hadj, Ahmed (1898 - 1974)

Comunista argelino e fundador do movimento nacionalista argelino moderno. O primeiro grupo de Messali, a Étoile Nord-Africaine, foi dissolvido pelos franceses em 1929. No meio da década de 1930 ele fundou o Parti Populaire Algérien (PPA - Partido Popular Argelino), Durante a Segunda Guerra Mundial, formou o partido "Os Amigos do Manifesto e da Liberdade". Em 1946, lançou o Mouvement pour le Triomphe des Libertés Démocratiques. Em 1954 formou o Mouvement National Algérien (Movimento Nacional Argelino).

Meyer, Ernest (1887 -1930)

Nasceu em 10 de julho de 1887 em Prostken, Prússia Oriental. Estudou filosofia, psicologia e economia em Königsberg e Berlim. Em 1908 juntou-se o SPD e desde 1913 foi membro da equipe editorial do Vorwärts. Membro da ala esquerda do partido, foi removido do seu posto de editor em 1915. Participante das conferências de Kienthal e um dos fundadores da Liga Spartacus primeiro e depois do Partido Comunista da Alemanha (Kommunistische Partei Deutschlands, ou KPD).

Meyer, Victor (1948 - 2000)

Intelectual baiano e destacado militante das causas sociais, falecido ainda jovem. Economista, doutor em Administração Pública pela Universidade de Paris, foi professor do Dep. de Ciências Humanas e Filosofia da UEFES (Feira de Santana-BA) e professor de economia da UCSAL (Salvador–BA).

Mikoian, Anastas (1895 - 1978)

Velho bolchevista armênio, partidário de Stálin. Ocupou o posto de Ministro do Comércio. Após a morte de Stálin apoiou Nikita Khruschchev. Desempenhou importante papel no cenário internacional no tocante à quetão Cuba-Estados Unidos. No governo de Leonid Brezhnev foi nomeado Presidente do do Presidium Supremo da URSS, cargo que ocupou de 1964 a 1965.

Molotov (1890 - 1986)

Vyacheslav Mikhailovich Skriabine, conhecido como Molotov, tornou-se bolchevique em 1909, dirigiu o POSDR em Petrogrado, foi redator chefe da Pravda em 1917. Em 1920 ingressou no Comitê Central do PCUS, foi dirigente da Internacional no período 1928-1934. Foi Ministro de Relações Exteriores da URSS no período 1939-1949 e 1953-1956. Embaixador na Mongólia entre 1957 e 1960 e Chefe da representação da URSS na Organização Internacional de Energia Atômica, cargo que ocupou até 1962 ao ser excluído do Partido. Em 1984 foi readmitido no Partido.

Monmousseau, Gaston (1883 - 1960)

Político francês; sindicalista-revolucionário durante a Primeira Guerra Mundial. Secretário Geral da C.G.T.U. em 1922, ingressou no PCF em 1925. Deputado no período 1936-1940. Um dos fundadores da CGT francesa.

Moreno, Nahuel (1924 - 1987)

Destacado líder e teórico trotskista argentino. Organizador do secretariado Latino-americano do Trotskismo Ortodoxo (SLATO) e em seguida da Liga Internacional dos Trabalhadores - Quarta Internacional.

 
N

Napoleoni, Cláudio (1924-1988)

Economista italiano. Foi professor de Economía Política e História das doutrinas econômicas na Universidade de Turín. Ao final da Segunda Guerra Mundial ingressou no Partido Comunista Italiano, integrando a Comissão Econômica do PCI. Em 1951 se afastou do PCI e dedicou-se aos estudos econômicos. Em 1976 foi eleito Deputado e em 1983 Senador.

Nietzsche, Friedrich (1844 - 1900)

Filósofo voluntarista e irracionalista alemão, um dos predecessores ideológicos do fascismo.

Nin, Andreu (1892 - 1937)

Andrés Nin Pérez ou Andreu Nin i Pérez, inicialmente integrou o Partido Socialista Obrero Español, PSOE. Morou um tempo em Moscou integrando a equipe de Trotsky, tendo aderido à Oposição de Esquerda a partir de 1926, voltando à Espanha em 1930. Foi um dos fundadores do POUM em 1935.

Nkrumah, Kwame (1909 - 1972)

Nascido em Nkroful, na então Costa do Ouro (actual Gana) é filho de um ferreiro. Licenciado em teologia e em filosofia. Milita em várias organizações políticas com o intuito de ganhar experiência para fundar um partido nacionalista. Preside à Associação de Estudantes Africanos nos EUA e no Canadá. Em 1949, funda o Partido da Convenção do Povo, sobre um modelo marxista, partido de massas, hierarquizado e presente em todo o país. Por inerência ao seu posicionamento político em África, torna-se figura grada do Movimento dos Não Alinhados ao lado de Nehru, Sukarno, Tito e Nasser.

Novack, George (1905 - 1992)

Nasceu nos Estados Unidos. No início da Grande Depressão, em 1933, ingressou na "Trotskyist Communist League of America", tendo sido membro do Comitê Nacional do "Socialist Workers Party" de 1940 até 1973. No período 1937-1940 Novack foi o Secretário do "American Committee for the Defence of Leon Trotsky.

 

P

Pannekoek, Anton (1873 - 1960)

Cientista e teórico marxista holandês. Concebia o marxismo como a ciência aplicada aos problemas sociais e a humanização da ciência como um aspecto da humanização da sociedade. Sempre sustentou que o marxismo não era um dogma, mas um método de pensamento aplicável aos problemas sociais no processo real de transformação social. De sua obra sobressaem com solidez pelo menos duas idéias: 1) a autonomia do proletariado frente aos capitalistas e à degeneração burocrática de partidos e sindicatos de trabalhadores; 2) a impossibilidade de reconstruir o movimento operário nos moldes em que existiu, tanto antes de 1914, quanto no período de 1917-21.

Pashukanis, Evgeny (1891 - 1???)

Jurista soviético, tendo trabalhado no corpo diplomático de seu país e ocupado as posições de diretor do “Instituto de Construção Soviética e Jurídica” e vice-presidente da “Academia Comunista de Ciências”.

Pereira, Astrojildo (1890 - 1965)

Iniciou a militância política em organizações operárias anarquistas. Em 1913 promoveu o II Congresso Operário Brasileiro. Em 1918 participou de um frustada insurreição anarquista, foi preso sendo solto no ano seguinte. Em 1922 participou da fundação do Partido Comunista do Brasil - PCB, sendo eleito Secretário Geral do partido.

Pervukhin, Mikhail (1904 - 1978)

Ingressou no Partido em 1919; a partir do 18º Congresso do Partido passou a integrar o Comitê Central. Ocupou o cargo de vice-presidente do Conselho de Ministros da URSS de 1955 a 1957. Foi um dos coordenadores do grupo que desenvolveu a bomba atômica da URSS. Em 1957 participou da tentativa de derrubar Khrushchev, perdeu o direito a voto no Comitê Central e foi removido para o cargo de embaixador na Alemanha Oriental em 1958.

Piatnitsky, Ossip (1882 - 1938)

Nome verdadeiro: Tarschisse, Iossif Aronovitch, eletricista, Tesoureiro do Komintern entre 1921 e 1935; Foi um dos organizadores do aparelho clandestino do Partido Bolchevique. Após a Revolução de Outubro, tornou-se membro do Comitê do Partido em Moscou, Suplente do Comitê Central em 1920-1921; Membro da Comissão Central do Comitê do Partido entre 1924-1927; e titular do Comitê Central entre 1927-1937.

Plekhanov, Guiorgui V. (1856 - 1918)

Ajudou a criar, junto com Lênin, o Partido Operário Social-Democrático Russo (POSDR), tornou-se menchevique após a cisão no partido, mas tentou manter o partido unido. Julgava que o capitalismo necessitava desenvolver-se antes de ser possível implantar o socialismo, razão pela qual se opôs ao governo Soviético.

 

Politzer, Georges (1903 - 1942)

Nasceu em Nagyvarad, Hungria (atualmente Oradea, Roménia). Emigrou após o fracasso da República Soviética da Hungria dirigida por Béla Kun, estabelecendo-se na França, em 1921. No curso de suas viagens ele conheceu Freud e Sandor Ferenczi, em Viena, e seu interesse em psicologia resultou na publicação, em 1928, de “Critique des fondements de la psychologie”. Este trabalho foi o primeiro esboço de uma teoria materialista da psicologia social. Em algum momento entre 1929-1931 ele ingressou no Partido Comunista Francês, onde comandou a Comissão Econômica do Comité Central.

Pomar, Pedro (1913 - 1976)

Ajudou a formar a Comissão Nacional de Organização Provisória, que se encarregou de reorganizar o Partido Comunista do Brasil - PCB em escala nacional. Membro do Comitê Central e da Comissão Executiva do PC, foi secretário de Educação e Propaganda. Após sua expulsão do PCB foi um dos fundadores do Partido Comunista do Brasil PC do B. do qual foi membro do Comitê Central.

Prestes, Luiz Carlos (1898 - 1990)

Ingressou no Partido Comunista do Brasil (PCB) em 1934. Foi Presidente de honra da Aliança Nacional Libertadora. Em 1943 foi eleito Secretário Geral do PCB. Passou grande parte de sua vida na clandestinidade ou exilado. Retornou ao Brasil em 1979 com a Anistia Política. Em março de 1980 rompe com o Partido através da sua "Carta aos Comunistas".

 
Q

Quirós, Manuel (1939 - 1975)

Professor liceal, no Montijo (Portugal), foi preso pela PIDE (Polícia Internacional de Defesa do Estado) em Dezembro de 1965 acusado de pertencer ao braço armado do Comité Marxista-Leninista Português (CMLP), a FAP (Frente de Acção Popular), saídos da rotura com o PCP. Esteve preso em Peniche e em Caxias e de lá saiu em Novembro de 1969, em péssimo estado de saúde após torturas infligidas na prisão e de cujas sequelas se julga lhe terem abreviado a vida. O seu esforço foi sempre o de propagar o marxismo-leninismo e a reconstrução do Partido Comunista para prepará-lo para a revolução democrática popular e para o socialismo.

 
R

Ramette, Arthur (1897 - 1988)

Francês, militante comunista; membro do Bureau Político do PCF entre 1932 e 1950. Foi companheiro de Thorez, na Rússia, durante a Segunda Guerra Mundial. Entre 1932 e 1973 foi eleito Deputado e Senador na França.

Ramos, Jorge Abelardo (1921 -1994)

Político, historiador e escritor argentino, criador da corrente política e ideologia chamada Izquierda Nacional (Esquerda Nacional), de notável influência intelectual na Argentina, Uruguai, Bolívia e Chile.

Reed, John (1887 - 1920)

Jornalista americano, tornou-se comunista ao fazer a reportagem da Revolução de Outubro de 1917. Autor de "Dez Dias Que Abalaram o Mundo". Ajudou a criar o Communist Labour Party nos Estados Unidos em 1919. Morreu de tifo na União Soviética.

Reed, Evelyn (1902 - 1979)

Autora norte-americana pioneira na investigação do sexismo incorporado às ciências naturais e sociais. Membro do American Trotskyist Socialist Workers Party.

Riazanov, David (1870 - 1938)

Social-democrata russo. Um dos organizadores do grupo literário «Borba» («Luta»). Em 1918, começou a organizar os arquivos marxistas. Em 1920, Riazanov foi nomeado Diretor do Instituo Marx-Engels (que, em 1931, se tornou o Instituto Marx-Engels-Lenin).

Romeu, Xavier (1941 - 1983)

Político, filólogo e escritor. A sua família esteve vinculada à Esquerda Republicana da Catalunya (ERC) e ele se inicia bem jovem na resistência política ao franquismo. De 1968 a 1970 vai para Praga para fazer estudos de linguística e de teatro, e ali tomou contato com o Círculo, ideias que depois aplicará à fonologia catalã (Elements de fonologia catalana, 1983; Manual de fonologia catalana). Participa ativamente nos acontecimentos da Primavera de Praga, experiência que o fortalece no seus socialismo internacionalista.

Rosdolsky, Roman (1898 - 1967)

Nasceu em Lemberg, na Galícia. Quando jovem, Rosdolsky foi membro dos Círculos Drahomanov, organização socialista ucraniana. Foi um dos fundadores da Social Democracia Internacional Revolucionária (IRSD). Durante a I Guerra Mundial, fundou o movimento antimilitarista "Internationale Revolutionäre Sozialistische Jugend Galiziens" (Juventude Internacional Revolutionária Socialista da Galicia). Tornou-se membro do Comitê Central do Partido Comunista da Galícia Oriental.

Rühle, Otto (1874 - 1943)

Durante a revolução de Novembro de 1918 desempenhou um papel de relevo como membro do Conselho operário e militar de Dresde. Em 1919 é expulso do partido (K.P.D.). Entra para o K.A.P.D. É expulso pouco depois por exigência de Moscou. A partir de 1920 torna-se o principal teórico da A.A.U.-E.

S

Saburov, Maxim (1900 - 1977)

Ingressou no Partido em 1920. Membro do Comitê Central do PCUS (1952-1961); Primeiro Vice-Presidente do Conselho de Ministros da URSS (1955), três vezes presidente do Gosplan. Recebeu a Ordem de Lenin e a Ordem de Bandeira Vermelha do Trabalho. Em 1957 integrou o grupo de oposição a Khrushchev.

Sacchetta, Hermínio (1909 - 1982)

Brasileiro, iniciou-se na luta revolucionária em 1932 através do Partido Comunista Brasileiro onde chegou a secretário do o Comitê Regional de São Paulo. Em 1939, participou da fundação do Partido Socialista Revolucionário, posteriormente atuou na Liga Socialista Independente, e, nos anos 60, no Movimento Comunista Internacionalista.

Sachs, Érico Czaczkes (1922 - 1986)

Erico Czaczkes Sachs: o adolescente que adotou o marxismo na Rússia, o jovem militante da Oposição Comunista na Europa, o imigrante tornado brasileiro e que levantou as bandeiras da formação independente da classe operária e do Brasil socialista, o exilado na Alemanha, durante a ditadura militar brasileira, o retornado em 1980, que se integrou no Partido dos Trabalhadores. Seu pensamento tinha raízes tão antigas quanto sólidas: Marx, Engels, Rosa Luxemburgo, Lênin.

Sader, Eder Simão (1941 - 1988)

Sociológo brasileiro e ativista político foi um dos fundadores da Política Operária (POLOP). Perseguido pela ditadura militar de 1964 exilou-se no Chile de 1971 a 1973 aonde militou no Movimiento de Izquierda Revolucionaria (MIR). Após a queda de Allende refugiou-se na França entre 1974 e 1979. Voltou ao Brasil e foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores.

Saramago, José (1922 - 2010)

Escritor português, prêmio Nóbel de Literatura de 1998, conhecido pelo seu ateísmo e iberismo, foi membro do Partido Comunista Português.

Sartre, Jean-Paul (1905 - 1980)

Escritor francês, expoente do existencialismo. Nos anos 1950 se envolveu com o socialismo.

Serge, Victor (1890 - 1947)

Foi Anarquista, integrou-se posteriormente ao Partido Comunista Russo, fez parte da Oposição de Esquerda que se opunha a Stálin. Expulso do partido, preso e deportado da Rússia exilou-se na França e no México, aonde faleceu.

Sève, Lucien (1926 - ....)

Filósofo francês, autor de numerosas obras de inspiração marxista. Foi membro do Comité Central do Partido Comunista Francês de 1961 a 1994.

Soares, Pedro (1914?8 -1975)

Militante comunista português, combatente contra o Estado Novo foi companheiro próximo do então líder do Partido Comunista, Bento Gonçalves nos anos 30-40. Iniciou a sua luta contra o Estado Novo, aos 16 anos, três anos depois era preso pela primeira vez (de cinco), por actividades políticas. Foi reorganizador da Federação das Juventudes Comunistas, no sector estudantil de Lisboa. Membro do Comité Central (CC) do Partido Comunista Português (PCP), esteve preso um total de 12 anos, metade dos quais no Tarrafal, campo de concentração em Cabo Verde. Foi importante reorganizador do PCP, nos anos de 1941-42, ao lado de Bento Gonçalves.

Spilimbergo, Jorge Enea (1928 - 2004)

Socialista argentino e político, poeta, jornalista e escritor revolucionário, um dos fundadores do partido Izquierda Nacional. Ele escreveu extensivamente sobre a América Latina, o mundo semi-colonial e a Argentina, em especial.

Stalin, Joseph V. (1879-1953)

Revolucionário desde 1895, ingressou, em 1903, no Partido Bolchevista. Em 1917 ocupou o cargo de Comissário para as Nacionalidades. Em abril de 1922, foi eleito Secretário Geral do Partido Comunista. Após a morte de Lênin, em 1924, introduziu sua teoria do "socialismo em um só país". Em 1927, formulou sua teoria do "Social Fascismo", descrevendo que as teorias da Social-Democracia e do Fascismo são na essência a mesma teoria.

Starobin, Joseph R. (1913-1976)

Membro do Partido Comunista dos Estados Unidos (CPUSA), foi editor do Daily worker. Deixou o partido em 1956 para dedicar-se à vida acadêmica tendo obitido o PhD na Columbia University.

Suslov, Mikhail (1902-1982)

Ingressou no Partido Bolchevique em 1921; exerceu o cargo de Segundo-secretário do Partido Comunista da União Soviética de 1965 a 1982. Durante a Segunda Guerra Mundial liderou o movimento de guerrilhas em Stavropol. Em 1946 ingressou no Comitê Central do Partido.

Sweezy, Paul (1910-2004)

Economista norte-americano. Devido a suas idéias marxistas foi perseguido e preso em seu país na época do macartismo. Após passar um ano na London School of Economics se tornou marxista. Em 1949 fundou a revista Monthly Review que se tornou uma referência mundial da esquerda intelectual.

T

Ta Thu Thau (1906-1945)

Dirigente da Quarta Internacional no Vietnã. Iniciou na política comunista entre imigrantes vietnamitas na França na segunda metade da década de 1920. Foi expulso da França em 1930, no seu retorno ao Vietnã em 1937 formou o Grupo Bolchevique-Leninista na Indochina, que publica os órgão La Lutte (A Luta) e La Verité (A Verdade). Depois da guerra, buscou reconstruir a corrente trotskista no Vietnã reagrupando entorno do jornal A Luta (La Lutte). Foi assassinado em 1943 pelo Viet Minh liderado por Ho Chí Minh.

Thalheimer, August (1884-1948)

Militante e teórico marxista alemão; membro do Partido Social Democrata alemão antes da Primeira Guerra Mundial. Um dos fundadores do Partido Comunista da Alemanha (KPD) e um dos seus principais teóricos. Trabalhou com Bukharin sobre o projecto de programa do Comintern.

Thompson, Edward Palmer (1924-1993)

Foi provavelmente o historiador marxista de maior repercussão no séc. XX. Seu livro “A Formação da Classe Operária Inglesa” é reconhecido como um clássico da historiografia marxista. Foi um dedicado ativista da paz, tendo atuado no British Peace Committee e lutado contra as guerras da Coréia, Quênia, Malásia, Chipre e Argélia.

Thorez, Maurice (1900-1964)

Ingressou no Partido Socialista Francês em 1919 e logo após no Partido Comunista, tornando-se Secretário Geral do Partido em 1930. Assumiu o cargo de Ministro de Estado no governo de De Gaulle. Foi também Vice-Presidente do Conselho nos governos Gouin, Bidault e Ramadier até a 1947. Permaneceu na direção do PCF até a sua morte.

Togliatti, Palmiro (1893 - 1964)

Membro do Partido Socialista italiano, fez parte do grupo "Ordine Nuovo" e foi um dos fundadores do Partido Comunista da Itália. Em 1921 foi eleito para o Comitê Central do Partido e, em 1924, entrou para o Comitê Executivo da Internacioanl Comunista, da qual foi Secretário entre 1937 e 1939 na Espanha durante a Guerra Civil.. Foi o primeiro a tirar conclusões européias do Relatório de Khrushchev, em 1956 e, por essa razão foi considerado como o fundador do "Euro-Comunismo".

Trotsky, Leon (1879 - 1940)

Inicialmente próximo dos mencheviques e em seguida bolchevique. Como Comissário de Guerra dirigiu o Exército Vermelho à vitória na guerra civil russa e sobre a invasão imperialista da Russa Soviética. Ajudou a criar e dirigiu a Oposição de Esquerda a Stálin. Desenvolveu a teoria da Revolução Permanente e fundou a 4ª Internacional.

Trotsky, Natalia (1882 - 1962)

Revolucionária russa, nasceu na Ucrânia, estudou em Genebra. Conheceu Trotsky em Paris em 1902. Trabalhou com Lenin e Trotsky no Iskra. Casou-se com Trotsky e teve dois filhos. Rompeu com a Quarta Internacional em 1951.

 
V

Vorochilov, Kliment (1881 - 1969)

Operário metalúrgico e militar soviético, ingressou no Partido Bolchevique em 1903. Em 1925 foi nomeado Comissário de Guerra aonde levou a cabo a mecanização do Exército Vermelho. Em 1935 assumiu o posto de Marechal (o primeiro da União Soviética). Ocupou o cargo de Presidente da União Soviética a partir de março de 1953 até maio de 1960, quando foi afastado por Kruschev sob a acusação de conspiração junto com o "grupo antipartido".

Vygotsky, Lev (1896 - 1934)

Psicólogo Soviético que desenvolveu a abordagem genética ao desenvolvimento de conceitos na infância e na juventude, apontando a transição de uma série de estados do desenvolvimento humano com base na prática social da criança. Os seus trabalhos, publicados após a sua morte em 1934 e suprimidos em 1936, só foram conhecidos no ocidente em 1958.

W

Wagner, Helmut (1904 - 1989)

Jornalista e pedagogo social-democrata de esquerda, membro da rede alemã Rote Kämpfer (influenciado pelo comunismo de conselhos) nos anos 30. Escreveu sob o pseudônimo de Rudolf Sprenger.

Wallon, Henri (1870 - 1962)

Nasceu na França. Formado em filosofia e medicina. Em 1925 inicia um período de intensa produção com todos os livros voltados para a psicologia da criança. Em 1931 viaja para Moscovo e passa a integrar o Círculo da Rússia Nova, grupo de intelectuais interessados em aprofundar o estudo do materialismo dialético e de examinar as possibilidades por ele oferecidas aos vários campos da ciência.  Em 1942, filiou-se ao Partido Comunista Francês.

Weber, Max (1864 - 1920)

Sociólogo alemão e economista político mais conhecido por sua tese da "ética protestante", um dos primeiros defensores da sociologia positivista e historiografia, ele promoveu a tese de que o significado de um fenômeno histórico é determinado pelo ponto de vista do investigador, e não por qualquer significado objetivo, desenvolveu o conceito de "tipos ideais", como uma ferramenta para isolar os fenômenos sociológicos com a finalidade de análise, sua metodologia foi conscientemente dirigida contra o marxismo, promovendo a idéia de uma pluralidade de fatores históricos como contra o que hoje é chamado de "essencialismo".

 
Z

Zetkin, Clara (1857 - 1933)

Personalidade do movimento operário alemão e internacional, uma das fundadoras do Partido Comunista da Alemanha, nasceu em 5 de julho de 1857, na cidade de Wiederau, na província da Saxônia. Líder do movimento internacional das mulheres.

Zhdanov, Andrei (1896 - 1948)

Aderiu aos bolcheviques em 1915. Partidário de Stalin, galgou postos na hierarquia do Partido e ajudou-o a estabelecer sua política cultural, atuando na criação da União dos Escritores Soviéticos e no estabelecimento da doutrina do "Realismo Socialista". Após o assassinato de Kirov, foi nomeado Governador de Leningrado tendo desempenhado importante papel na defesa da cidade contra os alemães, na segunda guerra mundial. Depois da guerra, em 1947, Zhdanov organizou o Cominform.


Início da Página

Pequena seleção de escritores marxistas

Veja os textos recentemente incluídos no sítio

Para voluntariado, perguntas, comentários ou sugestões, entre em contato com o administrador da Seção em Português.
MIA Logo