Entrevista ao Correspondente Diplomático do New York Times, James Reston

J. V. Stálin

21 de Dezembro de 1952


Primeira Edição: ...
Fonte: Problemas - Revista Mensal de Cultura Política nº 43 - Nov-Dez de 1952.
Transcrição e HTML: Fernando A. S. Araújo
Direitos de Reprodução: A cópia ou distribuição deste documento é livre e indefinidamente garantida nos termos da GNU Free Documentation License.

PERGUNTA: Ao aproximar-se o ano novo e no momento da posse de uma nova administração nos EE. UU., mantendes ainda a convicção de que a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas e os Estados Unidos poderão viver pacificamente nos próximos anos?

RESPOSTA: Continuo a crer que a guerra entre os Estados Unidos da América e a União Soviética não pode ser considerada inevitável e que os nossos países podem continuar a viver em paz.

PERGUNTA: Na vossa opinião, onde se encontra a origem da atual tensão internacional?

RESPOSTA: Em tudo e em toda parte onde se manifestam as ações agressivas da política de "guerra fria" dirigida contra a União Soviética.

PERGUNTA: Aprovaríeis a realização de conversações diplomáticas com representantes da nova administração de Eisenhower para examinar a possibilidade de um encontro entre vós e o general Eisenhower acerca do relaxamento da tensão internacional?

RESPOSTA: Sou favorável a tal proposta.

PERGUNTA: Colaboraríeis em qualquer nova medida diplomática que tenha por objeto pôr termo à guerra na Coréia?

RESPOSTA: Concordo em colaborar, porquanto a URSS está interessada na liquidação da guerra na Coréia.

Compartilhe este texto:
Início da página
 
Visite o MIA no Facebook
 

logomarca problemas
Inclusão 25/09/2011