MIA - Secção em Português
Giorgio Amendola
foto
1907-1980

 

Escritor e político italiano. Nascido em Roma em 1907, filho de Eva Kuhn, intelectual lituana e de Giovanni Amendola, um anti-fascista liberal que morreu em 1926, em Cannes, depois de ter sido atacado por assassinos contratados por Benito Mussolini. Como resultado, Amendola juntou-se secretamente ao Partido Comunista Italiano em 1929 e, depois de se formar em direito, começou a propagandear oposição ao regime de Mussolini. Preso e levado em exílio na França, e sucessivamente banido para Santo Stefano ilha no arquipélago Pontine, foi libertado em 1943 pelas tropas de resistência.

Após a Segunda Guerra Mundial, serviu como vice do Partido Comunista Italiano de 1948 até sua morte em 1980. Tornou-se conhecido (especialmente na década de 1970) como um dos líderes da ala direita do partido, que abraçavam a remoção gradual das ideias de comunismo soviético e do leninismo e alianças com as partes mais moderadas, especialmente com o Partido Socialista Italiano, num conceito mais tarde chamado eurocomunismo.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Giorgio_Amendola

Atualmente estão disponíveis em Português as seguintes obras:

1972 - Dez A Natureza Laica do PCI
   
Seja um Voluntário! Se você deseja colaborar com a construção desta biblioteca, ou deseja iniciar uma nova biblioteca para um autor cujo trabalho contribui de alguma maneira para a compreensão do Marxismo, entre em contato conosco.

Abriu o arquivo 17/06/2015