Rio de Janeiro, um Triunfo do Terceiro Mundo!

Fidel Castro

2 de Outubro de 2009


capa Fonte: Solidários - Na luta contra o bloqueio midiático.
Transcrição e HTML: Fernando A. S. Araújo.
Direitos de Reprodução: Licença Creative Commons licenciado sob uma Licença Creative Commons.



Poderosas potências econômicas competiram para sediar as Olimpíadas de 2016. Entre elas, as duas nações mais industrializadas do planeta: os Estados Unidos e Japão. Porém, triunfou o Rio de Janeiro, uma cidade brasileira.

Que não se diga agora, que foi uma generosidade dos países ricos com o Brasil, um país do Terceiro Mundo.

O triunfo dessa cidade brasileira é uma prova da crescente influência dos países que lutam por seu desenvolvimento. Certamente, nos povos da América Latina, África e Ásia, a escolha do Rio de Janeiro será recebida com prazer, em meio à crise econômica e à incerteza atual com as alterações climáticas.

Apesar de esportes populares, tal como o beisebol, tenham sido eliminados dos Jogos, para dar espaço aos de entretenimento dos burgueses e ricos, os povos do Terceiro Mundo compartilham a alegria dos brasileiros e apoiaram o Rio de Janeiro, como o organizador dos Jogos Olímpicos de 2016.

É um dever apresentar-se em Copenhague com a mesma unidade, e lutar para evitar que as mudanças climáticas e as guerras de conquista prevalecerem sobre a vontade de paz, desenvolvimento e sobrevivência de todos os povos do mundo.

capa
logo
Inclusão 20/08/2016