MIA - Seção em Português
Alexei Nikolaevich Leontiev
Foto de Alexei Nikolaevich Leontiev
1904-1979

 

Toda a vida de Alexei Leontiev esteve ligada à Universidade Estadual Lomonosov de Moscou (MGU). Em 1921, começou seus estudos na Faculdade de História e Filologia da Universidade. A Faculdade de História e Filologia incluía, na época, um Departamento de filosofia no qual G. I. Chelpanov ensinava psicologia, e Leontiev estudou psicologia com ele. Em 1924, Leontiev graduou-se onde depois veio a ser a Faculdade de Ciências Sociais.

De 1924 a 1930, Leontiev trabalhou junto com L.S.Vigotski. Em 1931, foi indicado para uma das instituições de psicologia em Kharkov, mas continuou sua colaboração com Vigotski. Em 1950, Leontiev tornou-se o chefe do Departamento de psicologia na Faculdade de filosofia de MGU. Foi em função de seu trabalho e de seus esforços árduos que esse departamento se tornou uma Faculdade independente em 1966. 

Leontiev estudou a memória e a atenção deliberadas, e desenvolveu sua própria teoria da atividade que ligava o contexto social com o desenvolvimento. A teoria da atividade de Leontiev foi a base de muita pesquisa na Rússia, particularmente nas áreas da brincadeira e da aprendizagem. 

Alexei Leontiev formulou o conceito de atividade como formação sistemática e unidade de análise para as ciências humanas. A atividade é um sistema coletivo derivado de um objeto e de um motivo. Realiza-se através de ações individuais dirigidas por objetivos. As ações, por sua vez, são realizadas por meio de operações rotineiras, que dependem das condições da ação. Para entender e facilitar o desenvolvimento, precisamos estudar e modificar sistemas coletivos de atividade completos, seus objetos e motivos, e não apenas ações e habilidades isoladas. 

A atividade caracteriza-se sempre por sua orientação para o objeto e preenche um propósito específico. A força de direção da atividade é seu motivo: o motivo é o que direciona a atividade. Como Leontiev afirmou: "não pode haver atividade sem motivo". 

A ação é o componente básico da atividade. A ação é um meio de realizar a atividade e, conseqüentemente, de satisfazer o motivo. O traço característico de uma ação é o fato de que é sempre orientada para um objetivo, almeja satisfazer um objetivo particular. 

A parte operacional de uma ação refere-se às circunstâncias específicas que estão em volta de sua execução. As operações constituem o meio pelo qual uma ação é realizada. 

Leontiev continuou sendo reitor da Faculdade e chefe do Departamento de psicologia Geral até sua morte, de um ataque do coração, em 1979. 

Actualmente estão disponíveis em Português as seguintes obras:

1972 Atividade e Consciência
1978 Atividade, Consciência e Personalidade
1979 - Jan Sobre o Desenvolvimento Criativo de Vigotski
   
Seja um Voluntário! Se você deseja colaborar com a construção desta biblioteca, ou deseja iniciar uma nova biblioteca para um autor cujo trabalho contribui de alguma maneira para a compreensão do Marxismo, entre em contato conosco.

Abriu o arquivo 17/11/2003
Última atualização 09/02/2014