Dimitrov, Georgi Mikhailovich
foto

 

(1882-1949): Líder sindical e um dos fundadores do Partido Comunista Búlgaro em 1919. Em 1921 foi eleito para o Comitê Executivo do Comintern. Liderou em 1923 uma fracassada revolta dos trabalhadores brutalmente reprimida pelo governo capitalista. Na ocasião foi condenado à morte mas escapou para a Alemanha. Em 1929 foi eleito para chefiar a seção da Europa Central do Comintern. Em 1933 foi acusado pelo regime nazista de ter incendiado o prédio do parlamento alemão o Reichstag. Dimitrov fez uma defesa enérgica e saiu da posição de acusado para a de acusador, dando um exemplo para todos os revolucionários do mundo de como o revolucionário deve fazer sua defesa e comportar-se perante um tribunal fascista e burguês. Foi então considerado inocente. Mudou-se para a União Soviética tendo sido eleito Secretário Geral do Comintern. Em 1945 com a derrota dos nazistas e a vitória da Revolução na Bulgária, Dimitrov retornou ao país e assumiu o cargo de Primeiro Ministro e em 1946 proclamou a formação da República Popular da Bulgária.

Leia texto de Dominique Desanti sobre Dimitrov

Leia texto de Manuel Quirós sobre Dimitrov

Leia as obras deste autor no MIA

MIA Secção em Português Temática