logotipo
  Grabois, Maurício
foto(1912-1973): Foi um dos mais destacados marxistas-leninistas brasileiros. Ingressou no Partido Comunista do Brasil - PCB em 1932. Tomou parte ativa nas jornadas de 1934 contra o fascismo e, 1935, no movimento revolucionário antiimperialista, antilatifundiário e antifascista que resultou na formação da Aliança Nacional Libertadora. Foi preso em 1941 e, um ano depois logo ao sair da prisão, integrou o Secretariado Nacional Provisório do Partido, no qual teve como tarefa rearticular nacionalmente o Partido e realizar a Conferência da Mantiqueira em agosto de 1943, quando foi eleito membro do Comitê Central, na Comissão Executiva e do Secretariado do Comitê Central. Deputado eleito em dezembro de 1945, liderou a bancada comunista no Congresso Nacional até janeiro de 1948, quando os mandatos comunistas foram caçados. Resistiu em companhia de João Amazonas e outros companheiros ao surto revisionista de 1956 a 1960, sendo um dos principais rearticuladores do Partido Comunista do Brasil - PC do B, em fevereiro de 1962. Durante muito tempo, dirigiu o órgão partidário "A Classe Operária"e empenhou o melhor de suas energias revolucionárias na preparação da luta e na resistência armada do Araguaia. Ali comandou as Forças Guerrilheiras e foi assassinado pela repressão.
  Fonte: Instituto Maurício Grabois
  Leia textos sobre Grabois escritos por: Diógenes Arruda e Jorge Amado
  Leia as obras deste autor no MIA
MIA - Secção em Português - Temática