Grupo "A Internacional"
O organização revolucionária dos sociais-democratas de esquerda alemães; fundada no início da guerra imperialista mundial por K. Liebknecht, Rosa Luxemburg, F. Mehring, C. Zetkin, I. Marchlevski, L. Jogiches (Tyszka) e W. Pieck. Em Abril de 1915 Rosa Luxembourg e F. Mehring fundaram a revista Die Internationale (A Internacional), em torno da qual se uniu o grupo fundamental dos sociais-democratas de esquerda alemães. Em 1 de Janeiro de 1916, em Berlim, realizou-se uma conferência dos sociais-democratas de esquerda de toda a Alemanha na qual o grupo se constituiu organizativamente e decidiu tomar o nome de grupo A Internacional. Como plataforma do grupo, a Conferência aprovou as Leitsätze (Teses Fundamentais) elaboradas por R. Luxembourg com a participação de K. Lieknecht, F. Mehring e C. Zetkin. A partir de 1916 o grupo A Internacional, para além dos folhetos políticos publicados em 1915, começou a editar e a difundir ilegalmente Cartas Políticas assinadas Spartakus (publicaram-se regularmente até Outubro de 1918); por esse motivo o grupo A Internacional passou a designar-se também grupo Spartakus.

Fonte: Lenin - Obras Escolhidas em 6 Tomos

MIA estrela Secção em Português estrela Temática