Castro, Fide
foto

 

(1926-2016): educado num colégio de jesuítas em Havana, conclui a licenciatura em Direito em 1950. Em 1952 candidata-se ao Parlamento pelo Partido do Povo Cubano (Ortodoxo), mas as eleições são anuladas na sequência do golpe de Fulgencio Batista. Forma um grupo de resistentes em torno de jornal clandestino, o qual comanda no assalto ao Quartel Moncada em Santiago de Cuba e de Céspedes (Bayamo), em 26 de Julho de 1953, fundando depois o Movimento Revolucionário 26 de Julho (M-26-7). Amnistiado em 1955 graças a um enorme movimento popular, exila-se no México, de onde parte, em 2 de Dezembro de 1956, a bordo do iate Granma com dezenas de combatentes, para se instalar na Sierra Maestra e aí formar o Exército Rebelde Cubano, o qual levará à vitória em 1 de Janeiro de 1959, dando início à revolução cubana.

Fonte: Martens - A URSS e a Contra-Revolução de Veludo

MIA estrela Secção em Português estrela Temática