O Imperialismo e a Revolução

Enver Hoxha

Abril de 1978


capa

Primeira Edição: Abril de 1978.
Fonte: Instituto de Estudos Marxistas-Leninistas Adjunto ao CC do Partido do Trabalho da Albânia, Casa Editora "8 Nëntori", Tirana, 1979.

Transcrição/HTML de: Fernando A. S. Araújo, agosto 2005.
Direitos de Reprodução: A cópia ou distribuição deste documento é livre e indefinidamente garantida nos termos da GNU Free Documentation License.


Índice

Prefacio à Primeira Edição Em Albanês

Nota à segunda edição

Primeira Parte

I - A Estratégia do Imperialismo e do Revisionismo Contemporâneo

A Estratégia do Imperialismo Mundial

A Estratégia do Social-Imperialismo Soviético

A Estratégia do Social-Imperialismo Chinês

O Papel do Titismo e de Outras Correntes Revisionistas na Estratégia Global do Imperialismo e do Social-Imperialismo

A Revolução - Única Arma para Destruir a Estratégia dos Inimigos do Proletariado e dos Povos


II - A Teoria Leninista Sobre o Imperialismo Mantém Toda a Atualidade


III - A Revolução e os Povos

Defender e Aplicar os Ensinamentos Marxista-leninistas Sobre a Revolução

A Luta de Libertação dos Povos, Parte Integrante da Revolução Mundial

Os Verdadeiros Revolucionários Chamam os Proletários e os Povos a Erguerem-se por um Novo Mundo, Mundo Socialista

Segunda Parte

I - A Teoria dos "Três Mundos", Teoria Contra-Revolucionária e Chauvinista

A Concepção dos "Três Mundos", Negação do Marxismo-Leninismo

A Atitude dos Revisionistas Chineses em Relação às Contradições é Idealista, Revisionista e Capituladora

A Concepção Chinesa Sobre a Unidade do "Terceiro Mundo" é Reacionária

A Teoria Chinesa do "Terceiro Mundo" e a Teoria Iugoslava do "Mundo Não-Alinhado" Sabotam a Luta Revolucionária dos Povos

 

II - O Plano da China para Tornar-se Superpotência


III - O "Pensamento Mao Tsetung" Teoria Antimarxista


IV - A Defesa do Marxismo-Leninismo, Grande Tarefa de Todos os Verdadeiros Revolucionários


Inclusão 03/11/2005